Suspeito de estuprar criança indígena, cacique é preso no MT

0
54
Crédito: Polícia Militar de Barra do Garças/Assessoria

Médico do UPA chamou a polícia quando notou sinais de estupro.

Cacique da aldeia São Marcos, Jesus Mario Etero’owe Wa’utomopa, de 35 anos, foi preso nesta sexta-feira, 5, em Barra do Garças (MT), suspeito de estuprar criança indígena de 9 anos. O suspeito teria pego a criança na Casa de Saúde Indígena (Casai) na manhã da quinta-feira, 4.

Ao voltar para a Casai, a menina de queixou de dores na genitália e tinha sangue na calcinha. Mãe levou menina para UPA, quando o médico percebeu os sinais de estupro e alertou a polícia. O Conselho Tutelar foi acionado.

O cacique foi preso em flagrante por estupro de vulnerável. Material genético foi coletado para confirmar a autoria do crime.

VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇA

Saiba a quem recorrer em caso de suspeita de violência sexual infanto-juvenil:

Os Conselhos Tutelares foram criados para zelar pelo cumprimento dos direitos das crianças e adolescentes. A eles cabe receber a notificação e analisar a procedência de cada caso, visitando as famílias. Se for confirmado o fato, o Conselho deve levar a situação ao conhecimento do Ministério Público.

Varas da Infância e da Juventude: Em município onde não há Conselhos Tutelares, as Varas da Infância e da Juventude podem receber as denúncias.

Fonte: CatracaLivre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui