Connect with us

Notícias

Suspeito de abuso sexual contra babá adolescente é preso na Região Metropolitana de Porto Alegre

Publicado

em

O suspeito mantinha relações sexuais com a vítima desde o início de 2018, quando a adolescente tinha somente 13 anos de idade Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil, por meio da 1° Delegacia de Polícia de Sapucaia do Sul, prendeu na Região Metropolitana de Porto Alegre um suspeito de abusos sexual contra uma babá adolescente.

De acordo com as investigações coordenadas pela delegada Luciane Bertoletti, o suspeito mantinha relações sexuais com a vítima desde o início de 2018, quando a adolescente tinha somente 13 anos de idade.

 

Na época, a vítima era vizinha do investigado e da sua ex-companheira e trabalhava constantemente na casa do casal como babá dos filhos deles. Neste contexto, o suspeito passou a ter relações sexuais com a vítima furtivamente, repetidas vezes, de modo a culminar na gravidez precoce e inesperada da adolescente. Após abandonar sua mulher e filhos, o investigado passou a residir com a menor mantendo-as em completo cárcere privado, juntamente com a filha, recém nascida.

Atualmente, a vítima e a sua filha, de um ano de idade, estão acolhidas em um abrigo situado em Sapucaia do Sul. As duas estão a salvo, após o Conselho Tutelar certificar que a jovem estava privada, pelo suspeito, de frequentar a escola e ter contato com os seus familiares.

O investigado infiltrou um celular dentro do atual abrigo onde a adolescente está acolhida, através do qual enviava mensagens à vítima, ameaçando-lhe de matar caso se relacionasse com outros adolescentes da instituição, bem como aliciando-a a ter relações sexuais com ele e outra menor, de 13 anos de idade, a qual também está acolhida.

 

Em uma das mensagens, o suspeito inclusive, questiona a vítima se a menor de 13 anos teria interesse em ter relações sexuais com ele. Cabe salientar que o suspeito possui vasto histórico de ocorrências contra ele, dentre as quais destaca-se uma tentativa de homicídio, um estupro de vulnerável, e delitos envolvendo violência doméstica e familiar.

Em vista disso, visando à preservação da integridade física da vítima e de outros menores do abrigo, a autoridade policial representou pela prisão preventiva do suspeito, sendo deferida pelo juízo de Sapucaia do Sul.

A delegada Luciane Bertoletti afirma que “foi uma investigação complexa e que descobriu e encerrou situação grave de crime contra adolescente.”

 

O Sul

Geral

Morre cachorro ajudante de mecânico em Restinga Sêca

Publicado

em

Por

Ernesto junto com seus cachorros no aniversário de 11 anos do Bidú, em 2018 — Foto: Arquivo Pessoal

Bidú tinha 13 anos e morreu devido complicações da idade. Ele ficou conhecido por atender comandos do dono em dois idiomas, português e alemão.

Morreu na madrugada desta segunda-feira (28) o cachorro Bidú, conhecido por trabalhar como auxiliar de mecânico na oficina do seu tutor, Ernesto Schwert, em Restinga Sêca na Região Central. O animal de 13 anos e meio sofria com complicações de saúde devido à idade.

“O Bidú era cardiopata e por causa da idade, nos últimos tempos, começou a apresentar outros problemas de saúde”, conta Ernesto.

 

Mistura de Labrador com Rottweiller, Bidú morreu dentro da oficina onde costumava trabalhar. O cão inteligente foi personagem de diversos programas de televisão, como o Globo Repórter e o Domingão do Faustão (veja abaixo).

As habilidades de Bidú em atender comandos buscando objetos como ferramentas e peças, lenha, celular, flores, Bíblia, e por ajudar Ernesto a pescar e a rezar, chamaram atenção. Além disso, ele compreendia comandos em português e alemão.

“Eu estava com o Bidu, dentro da oficina na hora da despedida. A despedida é difícil, mas o Bidú cumpriu o papel dele aqui na terra e ele foi um presente de Deus que eu recebi”.

 

Uma cerimônia de despedida está sendo organizando para essa tarde na oficina, mas apenas para a participação dos familiares. Ernesto ainda tem dois outros cães da família, Fritz e Diana, que também auxiliam na oficina.

Continue Lendo

Notícias

Homem é preso por tráfico de drogas em Rosário do Sul

Publicado

em

Por

PRF e BM apreendem 43 tabletes de maconha. Foto: PRF/Divulgação

Na manhã de sábado (26), a Polícia Rodoviária Federal, com a colaboração da Brigada Militar, prendeu um homem por tráfico de drogas, na localidade de Rosário do Sul.

Com informações de que o motorista havia abandonado na Avenida Beira-Rio, duas caixas com 43 tabletes de maconha, e posteriormente abandonado o veículo, os policiais realizaram buscas no local.

Os policiais deram voz de prisão ao batedor da carga. O homem foi aprendido e apresentado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento.

// O Sul

Continue Lendo

Geral

Saiba como bloquear ligações indesejadas de telemarketing no RS

Publicado

em

Por

Procon-RS e Anatel oferecem opções de cadastro para evitar ligações indesejadas de telemarketing — Foto: Reprodução/RBS TV

Por meio de cadastro em sites do Procon-RS e da Anatel, consumidor pode pedir o fim dos contatos. Saiba como se inscrever.

Diariamente, consumidores recebem ligações de diversos e desconhecidos números. São contatos de bancos ou empresas telecomunicações oferecendo serviços. Para interromper esse ciclo, muitas vezes indesejável, dois serviços online de bloqueio estão disponíveis.

Em Porto Alegre, as ofertas de empréstimos são o principal motivo das chamadas de telemarketing, segundo o Procon. A dona de casa Ivone da Silva afirma já ter perdido as contas de quantas ligações recebe por dia com ofertas de crédito consignado.

“Eu recebo na base de 15, 17, até 20. Tem dias que eu recebo 20 ligações por dia. Pedi, por favor, que não me ligassem mais. Mas daí eu só desligo o telefone, muda o número e me ligam de novo”, conta.

 

No Rio Grande do Sul, um serviço online do Procon permite que clientes se cadastrem e requisitem que empresas parem de fazer as chamada. A solicitação deve ser feita no site do governo estadual.

A diretora executiva da unidade em Porto Alegre, Fernanda Borges, aponta que se as ligações continuarem após o pedido, as empresas podem ser punidas pela lei estadual.

“Tem que fazer uma denúncia, no mesmo canal e informar o nome da empresa, o número que recebeu a ligação da chamada e ele então vai conseguir que essa empresa seja multada. Multa de dez mil reais por ligação”, afirma.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) também oferece um serviço parecido. Os bloqueios permitidos são de ligações de telemarketing de operadoras de telecomunicações e de instituições bancárias. O Não me Perturbe funciona gratuitamente também.

Alternativas

 

Outro esforço vem das próprias empresas, concorrentes entre si, que fiscalizam e punem quem descumprir regras, como o número máximo de ligações por dia.

O problema é que existem intermediários entre esses serviços e os clientes, como explica Fabrício Guimarães, gerente de Tratamento de Solicitações de Consumidores da Anatel.

“Esse cara pega e fica ligando para todas as empresas. Ele não liga só pra uma, ele fica procurando quem quer contratar e então ele vai lá e fala: ‘esses cinco aqui, depois de incomodar 10 mil, querem contratar. Esse aqui quer contratar dessa empresa, esse aqui quer comprar da outra, se você ligar, você vende’. São justamente os intermediários, os terceirizados ou até quarteirizados em alguns casos que estão burlando isso e a grande dificuldade é localiza-los”, afirma.

Alternativas que podem ajudar em casos como o da estudante Ariane Dhamer, que irritada escolheu uma opção mais drástica.

“Era quatro, três vezes por semana, ligava todo dia. Continuou e aqui em casa a gente optou por tirar o telefone do gancho, da linha”, conta.

 

Continue Lendo

Newsletters

Receba as Notícias do Site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana