Connect with us

Economia

Startup quer tornar viagens para os EUA mais acessíveis para brasileiros

Publicado

em

Os Estados Unidos seguem como um dos principais destinos turísticos internacionais escolhidos pelos brasileiros. Nos primeiros cinco meses do ano passado ano, 918 mil brasileiros escolheram o destino, o que deixa o Brasil dentro do usual Top 5, ostentando a quarta colocação das nacionalidades que mais viajaram para os EUA, atrás de Reino Unido (1,69 milhão), Japão (1,37 milhão) e China (1,22 milhão) – neste ranking ficam de fora os vizinhos territoriais Canadá (8,6 milhões) e México (7,5 milhões). Somados, os países da América do Sul levaram aos Estados Unidos 2,43 milhões de viajantes – aumento de 15,6% em relação aos primeiros cinco meses de 2018.

Um dos destinos mais procurados dentro do país pelos turistas brasileiros são os parques da Disney e da Universal Studios em Orlando, na Florida. Sonho de consumo de muitas crianças, adolescentes e até mesmo adultos, este roteiro turístico vem se tornando cada vez mais acessível aos brasileiros. O que antes era uma viagem que apenas as classes A e B poderiam bancar, hoje está acessível também à classe C, depois que empresas brasileiras se aliaram a parceiros internacionais para transformar a viagem dos sonhos em um lucrativo negócio.

Percebendo a demanda do mercado, os sócios Marlon Faria, Anselmo Costa Daniela Melo, juntos com parceria em operadora de turismo direto de Orlando, criaram a startup VaiAonde.com, que busca facilitar a aquisição de pacotes de viagem parcelados: “nós vimos uma oportunidade de negócio, dado o enorme mercado consumidor e milhares de clientes em potencial. Muitos brasileiros sonham em fazer a primeira viagem internacional em família, e com a loja virtual de turismo vaiaonde.com temos o objetivo de atingir aquele público que jamais pensou que teria condições de realizar esse sonho, de viajar para os EUA”, revela Anselmo Costa.

O diferencial em relação a outras agências de turismo é que todo o processo pode ser feito através da internet, pela loja virtual, e o parcelamento dos custos da viagem pode ser feito em até dois anos: “buscamos oferecer oportunidades para realizar os sonhos de milhares de crianças, jovens, adultos e idosos, facilitando seu acesso aos melhores parques de Orlando, bem como em cruzeiros, hotéis, aluguéis de carros, e mais pacotes nos mais diversos lugares turísticos do mundo, com a compra de pacotes parcelados em ate dois anos, sem prejudicar o orçamento familiar. Para realizar o sonho de conhecer a Disney, não é preciso sacrificar o pão nosso de cada dia. É a viagem dos sonhos que cabe no bolso do brasileiro médio”, conta.

Continue Lendo
Patrocinado
Clique para comentar

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agronegócios

Preço da cebola despenca na Ceasa. Já o valor do kg do tomate sobe quase 50%, aponta Conab

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação

Em Recife, recuo no preço da cebola foi de 46,9%

Levantamento da  Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), órgão vinculado ao Ministério da Agricultura, mostra que o preço da cebola apresentou queda na principais Centrais de Abastecimento (Ceasas) do país. Segundo a pesquisa, em agosto, o preço da cebola caiu  46,9% em Recife e 20,7% no Rio de Janeiro, por exemplo.

Em contrapartida, segundo a Conab o tempo frio tem contribuído para a alta do tomate. Em Goiânia, a fruta apresentou alta de 49,2%. A expectativa é que no levantamento que será feito neste mês, o produto apresente queda.

A pesquisa divulgada pela Conab também  aponta que o setor de folhosas, apesar de ter sido um dos mais impactados pelas medidas restritivas por conta da pandemia, teve uma resposta rápida com a retomada parcial da economia.

Reportagem, Paulo Oliveira

Continue Lendo

Agronegócios

RS: Cerca de três mil agricultores familiares vão poder vender produtos para Programa de Aquisição de Alimentos

Publicado

em

Por

Foto: Divulgação

Ao todo, governo federal destinou R$ 14,7 milhões para adquirir alimentos desses produtores; além disso, cerca de R$ 296 mil vulneráveis devem ser beneficiados com a doação de alimentos

Quase três mil agricultores familiares de 105 municípios gaúchos vão poder vender seus produtos para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) no estado. Ao todo, o Ministério da Cidadania autorizou a liberação de mais de R$ 14,7 milhões para o PAA.

O objetivo do governo federal é atender as pessoas mais carentes, beneficiar organizações produtivas do Rio Grande do Sul e fortalecer a agricultura local. Ao todo, cerca de 4,8 mil toneladas de alimentos de 40 cooperativas vão ser adquiridas. A estimativa é de que 296 mil pessoas em situação de vulnerabilidade sejam beneficiadas.

Reportagem, Felipe Moura. 

Continue Lendo

Economia

Mais 4 milhões recebem auxílio emergencial de R$ 600 nesta sexta

Publicado

em

Por

Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Caixa deposita nesta sexta-feira auxílio emergencial de R$ 600 para 4 milhões nascidos em julho. Esse grupo faz parte do ciclo 2 com beneficiários que recebem da 1ª à 5ª parcela, dependendo da data que entraram no programa. Outro 1,6 milhão que faz parte do Bolsa Família, com NIS final 2, recebe a nova parcela de R$ 300.

Neste sábado (19), será liberado o saque para outros 3,9 milhões de beneficiários com data de nascimento em janeiro, além do saque emergencial do FGTS, para nascidos em maio. A Caixa deverá abrir parte das agências para o atendimento dos benefícios, que também podem ser sacados nos caixas eletrônicos e lotéricas. A transferência dos valores, via aplicativo Caixa Tem, para outras contas também estará liberada para esse grupo.

O auxílio foi criado para a população de baixa renda e trabalhadores informais enfrentarem a crise provocada pela pandemia de coronavírus. De três parcelas, passou para cinco de R$ 600 cada, no caso de mãe chefe de família, R$ 1.200. Agora mais quatro de R$ 300 até dezembro. O benefício já foi pago a 67,2 milhões de pessoas, num total de R$ 197 bilhões.

O pagamento das novas parcelas para o Bolsa Família começou nesta quinta-feira (17) e vai até o dia 30, de acordo com o final do NIS. Para os demais grupos, ainda não foi definido pelo Ministério da Cidadania, mas deverá ser incluído no calendário organizado por ciclos de crédito em conta digital e saques em espécie até o final do ano. Os beneficiários recebem a parcela a que têm direito no período de acordo com o mês de nascimento.

Calendário da 6ª parcela ao Bolsa Família

NIS final 1 – 17 de setembro
NIS final 2 – 18 de setembro
NIS final 3 – 21 de setembro
NIS final 4 – 22 de setembro
NIS final 5 – 23 de setembro
NIS final 6 – 24 de setembro
NIS final 7 – 25 de setembro
NIS final 8 – 28 de setembro
NIS final 9 – 29 de setembro
NIS final 0 – 30 de setembro

Calendário dos demais beneficiários

Ciclo 2

Crédito em poupança digital

18 de setembro – nascidos em julho
23 de setembro – nascidos em agosto
25 de setembro – nascidos em setembro
28 de setembro – nascidos em outubro e novembro
30 de setembro – nascidos em dezembro

Saque em dinheiro

19 de setembro – nascidos em janeiro
22 de setembro – nascidos em fevereiro
29 de setembro- nascidos em março
1º de outubro- nascidos em abril
3 de outubro- nascidos em maio
6 de outubro- nascidos em junho
8 de outubro- nascidos em julho
13 de outubro- nascidos em agosto
15 de outubro- nascidos em setembro
20 de outubro- nascidos em outubro
22 de outubro- nascidos em novembro
27 de outubro- nascidos em dezembro

Ciclo 3

Crédito em poupança digital

9 de outubro – nascidos em janeiro e fevereiro
16 de outubro – nascidos em março e abril
23 de outubro – nascidos em maio e junho
30 de outubro – nascidos em julho e agosto
6 de novembro –  nascidos em setembro e outubro
13 de novembro – nascidos em novembro e dezembro

Saque em dinheiro

29 de outubro – nascidos em janeiro e fevereiro
3 de novembro –  nascidos em março e abril
10 de novembro –  nascidos em maio e junho
12 de novembro – nascidos em julho e agosto
17 de novembro – nascidos em setembro e outubro
19 de novembro – nascidos em novembro e dezembro

Ciclo 4

Crédito em poupança digital

16 de novembro – nascidos em janeiro e fevereiro
18 de novembro – nascidos em março e abril
20 de novembro – nascidos em maio e junho
23 de novembro – nascidos em julho e agosto
27 de novembro – nascidos em setembro e outubro
30 de novembro – nascidos em novembro e dezembro

Saque em dinheiro

26 de novembro – nascidos em janeiro e fevereiro
1º de dezembro- nascidos em março e abril
3 de dezembro- nascidos em maio e junho
8 de dezembro- nascidos em julho e agosto
10 de dezembro- nascidos em setembro e outubro
15 de dezembro- nascidos em novembro e dezembro

Fonte: Correio do Povo

Continue Lendo

Newsletters

Receba as Notícias do Site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana