Connect with us

SC

SC: Motociclista morre após colidir em placa na saída para Rio das Antas

Publicado

em

Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui

Um motociclista morreu após um grave acidente na saída de Caçador para Rio das Antas. A colisão aconteceu na tarde deste sábado, 21.

Luan Pagotto dirigia uma moto que acabou colidindo contra uma placa. Ele chegou a ser atendido pelos Bombeiros de Rio das Antas, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Maicé.

Fonte:

Continue Lendo
Patrocinado
Clique para comentar

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Justiça

Homem é condenado a 31 anos de prisão por estupro de vulnerável no Oeste de SC

Publicado

em

Por

Foto: Arquivo/ClicRDC
Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui

De acordo com o Ministério Público, o réu abusava das cunhadas – uma delas criança e a outra adolescente

Um homem, acusado por estupro e estupro de vulnerável pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) em Pinhalzinho, no Oeste de Santa Catarina, foi condenado a 31 anos, sete meses e seis dias de reclusão, em regime inicial fechado. A informação foi divulgada pelo MP nesta segunda-feira (23).

De acordo com o Ministério Público, o réu abusou sexualmente das cunhadas – uma delas criança e a outra adolescente – repetidas vezes. Ainda segundo o MP, ele ameaçava-as com mais violência caso elas realizassem uma denúncia, para silenciá-las. A imputação apresentada pelo Promotor de Justiça Douglas Dellazari relata que as vítimas, em momentos distintos, residiram na casa da irmã – que era esposa do homem. Os crimes contra a adolescente aconteceram entre 2016 e 2018, e contra a criança entre 2018 e 2019.

O MP aponta que o homem aproveitava dos momentos em que a esposa não estava em casa para abusar das meninas. Ainda segundo a denúncia, ele chegou a consumar o ato sexual com a mais jovem, de cerca de 11 anos de idade. Com a adolescente, que na época tinha entre 14 e 16 anos, o ato só não chegou a ser consumado porque ela conseguiu impor resistência.

Os abusos só se tornaram conhecidos pela família quando o réu, alcoolizado, confessou à própria irmã e a outras pessoas, em um bar que frequentava, que tinha “pego” as cunhadas. A irmã do réu, que também havia sido assediada por ele na infância, levou a informação ao conhecimento da companheira (irmã das vítimas). Ela relatou que havia encontrado o homem nu ao lado da criança na noite anterior, mas não tomou qualquer atitude porque tinha muito medo dele, em função da violência com que agia, principalmente quando alcoolizado. Foi então que a irmã do réu resolveu denunciá-lo à Polícia.

Leia também:  PRF prende condutor embriagado que se envolveu em um acidente

De acordo com o Ministério Público, diante da violência sofrida, as duas vítimas precisaram de tratamento psicológico no curso da ação penal. O fato levou o MP a requerer ao Juízo da Comarca de Pinhalzinho pela dispensa de novos depoimentos das meninas – além dos já prestados em depoimento especial, perante escuta especializada –  o que foi deferido.

Diante dos fatos e provas apresentados pelo Promotor de Justiça titular da Comarca de Pinhalzinho, o Poder Judiciário condenou o réu pelo crimes praticados contra as duas meninas. Ele, que foi preso preventivamente no curso do processo, teve negado o direito de recorrer em liberdade. A decisão é passível de recurso.

CLICRDC

Continue Lendo

Policia

Um dos homens mais procurados do estado do Rio Grande do Sul é preso em SC

Publicado

em

Por

Foto: Policia Civil
Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui

A Polícia Civil, na tarde neste domingo (22), realizou uma ação no estado de Santa Catarina, culminando com a prisão de um dos homens mais procurados do estado do Rio Grande do Sul.

A ação ocorreu no município de Bombinhas/SC, no bairro Morrinhos, onde foi preso o indivíduo conhecido pela alcunha “gordo Dé”, 46 anos de idade, o último grande líder das principais organizações criminosas do estado que ainda se encontrava em liberdade.

“Gordo Dé” possuía 11 Mandados de prisões em aberto, sendo10 Mandados de Prisões Preventivas expedidos por acusações de homicídios, organização criminosa, tráfico de drogas, associação ao tráfico e lavagem de dinheiro, além de 1 Mandado de prisão decorrente de sentença penal condenatória definitiva, impondo uma pena de 40 anos, 4 meses e 13 dias de reclusão, em virtude da acusação da prática dos crimes de tráfico de drogas, associação criminosa e roubos.

O preso conta com extenso rol de antecedentes criminais, com acusações por 18 homicídios, além de outros crimes como tráfico de drogas, associação ao tráfico, roubos de veículos (10 acusações), participação de organização criminosa, lavagem de dinheiro, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, entre outros crimes.

O indivíduo se encontrava na condição de foragido desde 09/06/2018, quando recebeu o benefício da tornozeleira eletrônica, a qual arrancou em 39 minutos após a instalação do equipamento.

Após meses de investigação, os policiais verificaram que o alvo possuía diversos esconderijos no estado catarinense, sendo que, neste domingo, durante o levantamento de um deles, na cidade de Bombinhas, onde o indivíduo foi localizado e capturado.

A prisão foi efetuada pela da Delegacia de Capturas (DECAP), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), sob a coordenação do Delegado Arthur Raldi.

Leia também:  Alpinista morre e outro fica preso em paredão de Cânion após deslizamento de pedra na Serra de SC

Fonte: Policia Civil

Continue Lendo

Saúde Infantil

Em caso raro, mulher dá à luz trigêmeos idênticos em Blumenau

Publicado

em

Por

Larissa Machado, Hospital Santo Antônio
Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui
Bebês estão na UTI neonatal do Hospital Santo Antônio, mas evoluem bem.

Quando Taiza Priscila Kruger, de 29 anos, soube que estava esperando um filho, ficou radiante com a notícia. O susto aconteceu no primeiro ultrassom ao descobrir que, na verdade, eram três bebês. Os trigêmeos nasceram no último dia 29 no Hospital Santo Antônio, em Blumenau. Ela e o esposo Itamar Antunes planejavam a gestação, mas jamais imaginaram que ela viria em dose tripla.

A família da mulher tem histórico de gravidez de gêmeos. Tias e primas tiveram dois filhos ao mesmo tempo, mas nunca três. Os pais de primeira viagem são de Rodeio e não fizeram nenhum tipo de tratamento para engravidar. Isso é tão raro, que segundo a médica obstetra Andréia Sayaka, dois em cada 1 milhão de nascimentos podem ocorrer desta maneira.

“Eu particularmente trabalho no hospital há 2 anos e meio e nunca tivemos um nascimento de trigêmeos no HSA. Como somos um hospital escola, houve uma comoção muito grande entre nossas residentes para estar presente nesse momento” — conta Andréia.

O casal ficou novamente surpreso ao descobrir que os três bebês eram meninos e que dividiam a mesma placenta, sendo trigêmeos idênticos, caso que ocorre em 1 a cada 50 milhões de nascimentos. Thomas, Gael e Davi nasceram com minutos de diferença. Taiza ficou internada em Blumenau a partir da 30ª semana. Dias depois, com 31 semanas e dois dias, a cesárea foi feita.

— Foram necessários um anestesista, um obstetra, três pediatras, três residentes da ginecologia, três residentes da pediatria, enfermeiras e técnicas de enfermagem. Já tínhamos as vagas de UTI neonatal aguardando a chegada dos bebês, sendo um trabalho de equipe entre diversos setores do hospital — conta a médica.

Leia também:  IDOSO FICA GRAVEMENTE FERIDO APÓS SER ATINGIDO POR RETROESCAVADEIRA NO OESTE CATARINENSE

Os bebês continuam na UTI neonatal, mas estão bem e estáveis. Segundo o médico Egidio Negri, que está há mais de 31 anos na instituição, faz pelo menos 5 anos que o hospital não registra nascimento de trigêmeos.

por NSC/Santa

Continue Lendo

Newsletters

Receba as Notícias do Site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana