Connect with us

Dicas de Saúde

RS Nutraceuticos lança site para comprar online seus produtos

Publicado

em

Com o grande sucesso de vendas dos produtos com a assinatura da modelo, atleta e empresária Carol Costa. A RS Nutraceuticos, dirigida por Raphael Santos, lançou um site em formato de loja para vender online seus produtos e as linhas por Carol Costa de emagrecimento e beauty.

Na loja online RS Nutra é possível encontrar cinco categorias de produtos à venda: linhas de emagrecedores (Perfectus Detox e o Nutra Slim-Carol Costa), suplementos, saúde, beleza e moda fitness.

Além do site, outra novidade é o lançamento do detox emagredor FIKISLIM, que é composto por ingredientes 100% maturais e sua fórmula reune elementos indispensáveis para a gestão do controle de peso e consequentemente emagrecimento. O FIKISLIM possui fórmula avançada com foco no objetivo em perder peso. Seus benefícios são: promover a perda de peso e cintura; diminuir taxa de colestorol; inibir as enzimas lipase e amilase; reduz estresse oxidativo; diminuir a absorção de açúcar. O produto não é indicado para consumo por pessoas gestantes e lactantes, conforme recomendação médica.

Também foi lançado a linha beauty por Carol Costa, para auxiliar na perca das medidas. Esta nova linha possui os seguintes produtos para venda: Beauty Micro, Beauty Antiflacidez, Beauty Fat Gel, Beauty Gel Celulite & Estrias  e Beauty Hair.

O novo site para encontrar os produtos Nutra Slim por Carol Costa é www.rsnutra.com.br

 

Continue Lendo
Patrocinado
Clique para comentar

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas de Saúde

Modelo e Influencer Jordana Guimarães, conta o segredo da boa forma na quarentena

Publicado

em

Jordana Guimarães, tem aproveitado o tempo durante o isolamento em casa para se exercitar e manter a forma. A beldade conta que para ela a salvação para não cair no sedentarismo são as lives fitness dos seus personal trainers preferidos.

Além disso Jordana utiliza alguns aplicativos que ensinam os usuários a realizar os exercícios em casa, existem treinos disponíveis nos aplicativos e você pode receber seu próprio plano de acordo com sua meta, seja ela emagrecer, ganhar massa corporal, flexibilidade ou resistência.

O isolamento também trouxe para Jordana, algumas opções fáceis e práticas para manter a dieta, e ela revelou que assim como a maioria das pessoas acaba comendo um pouco a mais, por isso compartilha um segredinho de um suco que tem ajudado a desintoxicar e se manter saudável todos os dias da quarentena.

Chamo o suco de Detox da Jordana com Laranja e Limão:

1 xícara de suco de laranja natural;
Suco de 1 limão fresco;
1 cenoura descascada;
1 colher de sopa de linhaça;
Gelo a gosto;
Adoçante, se necessário.

Bata no liquidificar e o suco detox estará pronto.

Tomar 2x por dia, ajuda eliminar gordura e toxinas do organismo.

Crédito das Fotos: RL Assessoria – Divulgação

Jordana Guimarães - Fotos: RL Assessoria - Divulgação

Jordana Guimarães – Fotos: RL Assessoria – Divulgação

Continue Lendo

Dicas de Saúde

Idosos na quarentena: como se manter fisicamente e mentalmente ativo

Publicado

em

Por

O isolamento em decorrência do coronavírus pode causar efeitos em idosos que não o contágio. Para manter-se distante de problemas como depressão e ansiedade, é necessário incentivar a prática de exercícios físicos e mentais.

 

“Um idoso que era sedentário antes da pandemia não pode, por conta própria, começar a realizar atividades físicas em casa”

Local: Brasil

Data: 07/05/2020

 

Neste sentido, especialistas no tratamento de idosos vêm disseminando dicas de atividades para que pessoas acima dos 60 anos possam se manter saudáveis e ativas durante a quarentena, evitando efeitos colaterais que não necessariamente tem a ver com o contágio do vírus, como é o caso da depressão e da ansiedade.

Depressão entre idosos preocupa na Quarentena

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que pessoas entre 60 e 64 anos representam 11,1% entre os 11,2 milhões de brasileiros diagnosticados com depressão. E o Ministério da Saúde reforça que as pessoas nesta faixa etária, mesmo que não tenham nenhum problema de saúde associado, pertencem ao chamado grupo de risco.

Segundo o portal OverSixity, as principais causas de depressão na terceira idade são fatores físicos e biológicos, como questões genéticas, hormonais, limitações do corpo e fatores clínicos, e também os fatores sociais, como afastamento da família, solidão e perda do papel social.

Como prevenção para o problema, estariam cuidados com a alimentação, além de manter atividades físicas regulares e incentivar o convívio social.
Assim sendo, neste momento, existe um alto número de pessoas idosas que podem estar lidando com a depressão, ao mesmo tempo em que enfrentam situações que podem funcionar como gatilho para o problema, e ainda impossibilitados de realizar as atividades que normalmente ajudariam a combater seus sintomas.

 

Como idosos podem se manter ativos durante a quarentena

O OverSixty, plataforma dedicada a pessoas da terceira idade, destaca que “Um idoso sedentário antes da pandemia não pode, por conta própria, começar a realizar atividades físicas em casa”. Nestes casos, o acompanhamento médico é altamente recomendado.

Já os idosos que se mantinham ativos antes do confinamento, devem se preocupar em “manter uma rotina de atividades que já possuíam antes da pandemia e que tenha sido indicada por um profissional”.

Neste sentido, entre as principais recomendações, estariam um mix de exercícios físicos e mentais, para manter corpo e mente ativos.
Alongamentos, atividades na água (para quem tem piscina em casa), estão entre as boas opções para exercitar o corpo. Além disso, outra sugestão do portal é a dança: “seja sozinho, seja com o marido ou a esposa, a dança ajuda a manter o condicionamento aeróbico, a força muscular, a flexibilidade, além de melhorar o equilíbrio corporal e a coordenação motora.”

Como exercitar a mente durante a quarentena

Por fim, alguns exercícios mentais também podem ser adotados por idosos durante o confinamento. É o caso de jogos de mesa, jogos de cartas e dominó, que podem ser adotados por quem tem companhia durante o confinamento, ou até mesmo assistir filmes e documentários na televisão ou serviços de streaming. Outra sugestão estaria em aprender a utilizar aplicativos, principalmente os que permitem videoconferência, “até para manter as relações com o restante da família que também se encontra isolada, pode ser bem interessante aprender a usar novos aplicativos e tecnologias.”

 

Leia mais sobre este e outros assuntos relacionados à terceira idade em www.oversixty.com.br

Continue Lendo

Dicas de Saúde

Varizes e ecodoppler: por que o ultrassom é imprescindível?

Publicado

em

Por

O exame ultrassonográfico das veias das pernas é o exame que permite ao médico identificar as veias dilatadas e incompetentes. Permite medir o calibre das veias e verificar o fluxo do sangue. É um verdadeiro mapa da doença. Muitos cirurgiões vasculares e angiologistas fazem o exame em seus consultórios. Este exame feito previamente é muito importante para o planejamento do tratamento e, após o tratamento, para a avaliação do resultado.

O exame ultrassonográfico das veias das pernas é um verdadeiro mapa da doença. É fundamental para planejar o tratamento e, após, para avaliar sua eficácia.

Local: São Paulo, SP

As varizes são consideradas, recentemente, como sinal de uma doença mais ampla em sua manifestação: a Doença Venosa Crônica.

A Doença Venosa Crônica pode se apresentar em 6 graus ou classes (C) identificadas simplesmente ao olhar a perna e cada uma delas pode ser acompanhada ou não de sintomas:

C1 – telangiectasias (vasinhos) e veias reticulares (pequenas veias visíveis com calibre menor que 3 mm). Os sintomas podem ser sensação de cansaço ou de peso nas pernas e sensação de coceira.

C2 – varizes, veias dilatadas e tortuosas que fazem saliência na pele (como pequenas bolinhas azuis) cujo calibre ultrapassa 4 mm. Os sintomas descritos podem ser mais acentuados.

C3 – quando, além das telangiectasias e varizes a perna é inchada. Os sintomas começam a se tornar limitantes, isto é, a pessoa precisa interromper suas atividades para obter alívio.

C4 – além de vasinhos, varizes e inchaço (ou edema) surgem manchas geralmente de cor castanha e a pele fica endurecida, perde sua elasticidade, os sintomas se agravam mais.

C5 – além de todas as manifestações acima descritas há cicatriz indicativa de que já houve uma ferida na perna.

C6 – o mais grave, quando há ferida aberta, que demora para cicatrizar e que, na maioria das vezes se localiza na face interna do tornozelo.

Esta classificação indica que há progressão da doença com o passar dos anos. Em geral há um espaço de 16 a 20 anos desde os primeiros sinais até o aparecimento da ferida.

Há estudos brasileiros revelando que aproximadamente 70% das pessoas acima dos 15 anos de idade apresentam algum sinal de Doença Venosa Crônica. As classificadas como C2 até C6 são 35% desta população. Tomando por base os últimos censos, acredita-se que existam aproximadamente 60 milhões de brasileiros com Doença Venosa Crônica nas classes C2 a C6. Os casos mais graves C5 e C6 estão presentes em cerca de 1,6% da população adulta, aproximadamente 2,2 milhões de doentes.

Até o momento não há método eficaz de prevenção de Doença Venosa Crônica. São recomendadas as medidas seguintes:

  1. Dieta saudável. Manter o peso e evitar obesidade.
  2. Exercícios físicos regulares. Caminhadas diárias de 30 minutos, ciclismo, natação, hidroginástica, pilates, etc.
  3. Uso de meia elástica durante o período de trabalho.

O exame ultrassonográfico.

O exame ultrassonográfico das veias das pernas tem diversos nomes com o mesmo significado: ecodoppler venoso colorido, mapeamento dúplex venoso, mapeamento ultrassonográfico colorido. É o exame que permite ao médico identificar as veias dilatadas e incompetentes. O exame permite medir o calibre das veias e verificar o fluxo do sangue. É um verdadeiro mapa da doença.

Há médicos especializados neste exame e hoje muitos cirurgiões vasculares e angiologistas fazem o exame em seus consultórios.

Este exame feito previamente é muito importante para o planejamento do tratamento e, após o tratamento, para avaliação do resultado.

Tratamento das varizes por meio da escleroterapia com espuma

A escleroterapia teve sua indicação ampliada a partir da última década do século passado com a chegada da espuma. O agente esclerosante usado para produzir espuma no Brasil é o polidocanol. Com este agente é possível produzir espuma perfeita que, ao ser injetada na veia doente não se mistura com sangue. Este artificio aumenta a ação do esclerosante e permite que sejam tratadas veias de grande calibre, as varizes em si. Desta forma, além dos objetivos cosméticos ela também trata a dor, a sensação de cansaço e de peso e as cãibras nas pernas que geralmente acompanham varizes de pequeno, médio ou grande porte. Mais ainda, permite tratar com eficácia as complicações das varizes (o que se chama comumente de “varizes inflamadas”): inchaço das pernas, as manchas castanhas e o endurecimento da pele e, o problema mais grave, as feridas de perna, conhecidas como úlceras varicosas.

No dia da consulta já é possível iniciar o tratamento. É escolhida a veia principal por meio do ultrassom e feita a punção, também guiada pelo ultrassom. A espuma é injetada em quantidade variável e monitorada pelo ultrassom – assim que as veias doentes estão preenchidas interrompe-se a injeção. Às vezes é necessário puncionar mais uma ou duas vezes para atingir todas as veias doentes. Isto acontece geralmente em quem já foi operado de varizes anteriormente.

Resultado esperado.

Desaparecimento dos sintomas (cansaço, peso, inchaço) – no dia seguinte já melhoram muito e desaparecem em 15 dias.

Desaparecimento do edema (inchaço) – ocorre no período de 15 dias habitualmente.

Desaparecimento da pigmentação (manchas castanhas causadas pelas varizes (C4) – demora meses para acontecer; é necessária a recomposição da pele, que é processo demorado.

Cicatrização da ferida (úlcera varicosa) – 80% delas cicatrizam durante o período de 6 meses.

Informações mais completas sobre a escleroterapia ecoguiada com espuma para o tratamento das varizes podem ser obtidas neste guia rápido.

A cirurgia de varizes é ainda muito indicada no Brasil. Tem os inconvenientes da hospitalização, anestesia e repouso após. É indicada para os casos C2 a C6.

Porque, então, o ecodoppler é fundamental?

1. Permite fazer o mapa das veias doentes a serem tratadas.

2. Durante o tratamento possibilita a punção segura da veia a ser tratada. Permite  acompanhar todo o trajeto da espuma dentro da veia, assegurando que todas as veias doentes foram abordadas.

3. Nos pós-tratamento permite avaliar o resultado, verificando se há necessidade de nova punção ou não para sua efetividade.

 

 

Website: http://blog.spacovascular.com.br

Website: http://blog.spacovascular.com.br

Continue Lendo

Newsletters

Receba as Notícias do Site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana

Notícias no seu WhatsApp whatsapp