Connect with us

Brasil

Rio de Janeiro recebe mais 1,3 milhão de Equipamentos de Proteção Individual

Publicado

em

Foro: Divulgação

Os Equipamentos de Proteção Individual serão usados pelos profissionais de saúde no atendimento aos pacientes com coronavírus

 

O estado do Rio de Janeiro recebeu nesta sexta-feira (8) um carregamento de 1,3 milhão de Equipamentos de Proteção Individual (EPIS) que serão usados pelos profissionais de saúde que estão na linha de frente fazendo atendimento aos pacientes com coronavírus. Desse total, 1.182.476 de EPIS estão indo para a Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, que fará a distribuição aos municípios conforme a necessidade, e 182.030 foram entregues aos hospitais federias do Rio de Janeiro, administrados pelo Ministério da Saúde.

 

Os materiais serão usados para garantir a proteção de profissionais de saúde no atendimento à pacientes com coronavírus. A medida faz parte do pacote de ações em apoio ao estados e municípios para fortalecer os serviços de saúde.

Brasil

Caixa atualiza aplicativo e agiliza atendimento para saque emergencial dos R$ 600

Publicado

em

Por

Créditos: Agência Brasil

Beneficiários aguardam pagamento da 2ª parcela do auxílio

 

O vice-presidente da Rede de Varejo da Caixa Econômica, Paulo Henrique Ângelo, participou de entrevista coletiva virtual, direto de Manaus.

Ele disse que foram realizados 270 mil saques na poupança digital desde ontem (7). Espera-se que 350 mil saques ocorram até o fim desta sexta-feira. O número de saques vem caindo ao longo da semana. O pico de saques ocorreu na segunda (5) e terça-feira, quando foram feitos mais de um milhão de saque do auxílio emergencial.

Até o momento, foram feitas 20 milhões de transições em poupança digital. Paulo Henrique Angelo lembrou que o aplicativo da Caixa passou por atualização e agilizou a fila virtual.

 

Neste sábado, 680 agências da Caixa estarão abertas entre 8h e 12h para pagamento de auxílio emergencial. Clique aqui para saber quais agências vão abrir no sábado.

 

A expectativa dos benecifiários é que a Caixa divulgasse hoje quando será pago a 2ª parcela do auxílio emergencial de R$ 600. O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, disse ontem (7), em reunião virtual da comissão mista de deputados e senadores que acompanha as medidas do governo federal para o enfrentamento da covid-19, que o calendário seria anunciando nesta sexta-feira (8).

Veja a entrevista na íntegra

*Agência Brasil

Continue Lendo

Brasil

Brasil registra 135.106 casos de coronavírus e 9.146 mortes pela doença

Publicado

em

Por

As informações foram atualizadas até as 19h desta quarta-feira (6) e repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde todo o país

 

O Ministério da Saúde registrou até as 19h desta quinta-feira (7) o total de 135.106 casos confirmados de coronavírus e 9.146 mortes provocadas pela doença. As informações foram atualizadas e repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde de todo o Brasil.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 9.888 novos casos no sistemas oficiais do Governo Federal, além de 610 novos óbitos. No entanto, a maior parte das mortes refere-se a outros períodos, mas foi inscrita de ontem para hoje após investigação concluída ou em andamento.

 

Apesar de muitos municípios brasileiros ainda não registrarem casos confirmados nem óbitos da doença, de maneira geral o coronavírus está presente em todos os estados brasileiros. São Paulo segue concentrando a maior parte das notificações, com 39.928 casos e 3.206 mortes, seguido do Rio de Janeiro, que tem 14.156 confirmações e 1.394 óbitos. Os estados que registram as menores notificações, no momento, são Mato Grosso do Sul, que tem 311 casos e dez mortes, e Mato Grosso, com 417 casos e 13 óbitos.

Grupos de risco

Pessoas acima de 60 anos se enquadram no grupo de risco, mesmo que não tenham nenhum problema de saúde associado. Além disso, pessoas de qualquer idade que tenham doenças pré-existentes, como cardiopatia, diabetes, pneumopatia, doença neurológica ou renal, imunodepressão, obesidade, asma, entre outras, também precisam redobrar os cuidados nas medidas de prevenção ao coronavírus.

Continue Lendo

Brasil

Brasil é considerado epicentro mundial da covid-19. Só 32% dos estados detalham infecções

Publicado

em

Por

Antonio Cruz / ABr

A situação da epidemia de coronavírus no Brasil passou a ser observada com grande preocupação por parte da comunidade internacional.

As cenas bizarras observadas em Manaus e o crescimento exponencial de casos e mortes – mesmo com a subnotificação – nos grandes centros urbanos, como São Paulo e Rio de Janeiro, apontam que o Brasil pode ser o novo epicentro mundial da pandemia.

Com o reconhecimento do Ministério da Saúde e de diversos estados, já se sabe que há uma grande subnotificação de casos no nosso país. Segundo o Laboratório de Inteligência em Saúde, o número de casos no Brasil pode superar 1,6 milhão, índice que ultrapassaria os EUA (primeiro no ranking de infectados) e colocaria nosso país como principal foco da Sars-Cov-2.

 

Outro problema é que apenas 32% dos Estados comunicam informações completas sobre a situação da epidemia, como o número de testes disponíveis ou o quadro dos pacientes, segundo a OKBR.

Uma reportagem do Wall Street Journal define bem a situação brasileira: “O Brasil já é o epicentro global do coronavírus. Estudo da Universidade de São Paulo aponta que o número de infeções no Brasil já pode ter atingido 1,6 milhão. Isso significa que o país pode já ter mais casos que os Estados Unidos. O Brasil testou apenas cerca de 1.600 por milhão de pessoas, muito abaixo dos 20.200 testes por milhão realizados nos EUA até agora, segundo a empresa de pesquisa Statista”.

 

demora para aquisição de testes e a baixa taxa de isolamento social (em São Paulo, cidade mais afetada pela doença, nível chegou a 46% no meio de abril, voltando a subir para 59% neste fim de semana) são alguns dos fatores que justificam o alto espalhamento do vírus.

Manifestações contra a quarentena nas últimas semanas em São Paulo, em Brasília e outras cidades do país também mostram que a situação pode piorar drasticamente.

“Se você for ver as minhas previsões feitas em março, antes mesmo do comitê científico ser criado, eu já dizia que o Brasil dava toda a impressão de ser, depois dos Estados Unidos, o novo epicentro da crise mundial. É bem claro para mim que o Brasil será o novo centro mundial da covid. Se você olhar e projetar as curvas, o Brasil tem uma subnotificação enorme, então os nossos números de casos reais devem ser de 10 a 12 vezes maiores do que o oficial.”, afirmou Miguel Nicolelis, neurocientista e professor da Universidade de Duke, nos EUA, ao Jornal do Comércio.

 

No Rio de Janeiro, mais de 300 pessoas com suspeita de covid-19 estão no aguardo de uma vaga na UTI. A taxa de ocupação de leitos no Sistema Único de Saúde é de 97%. Somente o Hospital Zilda Arns, em Volta Redonda, na região sul do estado, possui vagas de tratamento intensivo. A cidade de São Paulo, que tem o maior número de leitos hospitalares no país, já registra uma taxa de ocupação de 89% e vai começar a transferir internados por covid-19 para o interior paulista.

Em Manaus, o número de mortos é 108% maior do que a média do período, segundo o estudo de um infectologista para o G1 Amazonas. No período entre 15 de março e 25 de abril, a média era 1.277 de falecidos na capital amazoneses entre 2016 e 2019. Durante a pandemia, o índice foi de 2.653. Foram 1.376 mil mortes a mais. Apenas 246 notificadas como o novo coronavírus.

 

Átila Iamarino, uma das principais vozes da divulgação científica durante a pandemia, acredita que em breve o lockdown – que colocaria uma obrigação legal de manter as pessoas em casa – seria tomada pelas autoridades. Nessa semana, a Ilha de São Luís, no Maranhão, adotou a medida. Outras cidades, como Belém (PA), também estudam a possibilidade.

O Brasil está perdendo 90% dos seus casos. Se não é o pior país, é o segundo pior. A gente retomou a um crescimento que parece o começo da pandemia, com entre dois e três infectados por pessoa infectada e estamos com um caso de subnotificação seríssimo de 90%”, afirmou o biólogo em uma live.

 

// Hypeness

Continue Lendo

Newsletters

Receba as Notícias do Site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana

Notícias no seu WhatsApp whatsapp