Preço do milho deve permanecer estável até chegada do cereal da safra verão

0
84
Pixabay

Pesquisador do Cepea aponta queda do dólar e exportações menos atrativas como responsáveis pelas recentes baixas nas cotações do milho brasileiro.

O mercado do milho no Brasil vinha registrando altas nas cotações ao longo dos últimos meses impulsionadas, em especial, pelo alto patamar de exportações do grão brasileiro. Porém, nos últimos dias esta tendência se inverteu, e os preços registraram algumas desvalorizações.

Segundo o pesquisador da área de milho do Cepea, André Sanches, a inversão da tendência do dólar, que caiu ante ao real, impactou na atratividade da exportação diminuindo os números embarcados a partir da segunda quinzena de outubro e impactando nos preços internos.

A partir de agora o mercado interno deve registrar certa estabilidade até o final do mês de janeiro, quando o cereal da safra de verão 2019/20 começará a entrar no mercado e aumentar a oferta. A não ser que alguma dificuldade climática apareça durante o desenvolvimento das lavouras.

Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Deixe seu Comentário! Comentários de leitores ou artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião do G10News