Polícia Civil indicia Najila e ex-marido por fraude processual em caso envolvendo Neymar

0
91
Najila afirma que foi estuprada por Neymar em Paris, na França. (Foto: Reprodução de TV)

A Polícia Civil de São Paulo indiciou nesta terça-feira (10) a modelo Najila Trindade por fraude processual, denúncia caluniosa e extorsão no caso envolvendo Neymar. O caso começou em 15 de maio, quando ela foi a Paris encontrar Neymar. Ele teria a estuprado durante um encontro no quarto do hotel em que Najila estava hospedada. Vídeos e fotos da situação foram expostos, mas não houve nenhuma comprovação legal de que o abuso sexual ocorreu.

O Sul

Deixe seu Comentário! Comentários de leitores ou artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião do G10News