Parceiras até de balança: Ana Clara e Mariana emagreceram juntas e reforçam importância do companheirismo para conquistar e manter um estilo de vida saudável, abandonando o efeito sanfona

0
265
Pixabay

Não é de hoje que a relação entre as interações sociais e os hábitos alimentares é estudada. Uma publicação da Escola de Medicina de Harvard apontou que, embora não seja transmissível, a obesidade pode se espalhar entre os amigos1. Isso acontece porque pessoas compartilham hábitos e tendem a se unir a indivíduos com hábitos similares, inclusive os alimentares.

Embora possa parecer assustadora, essa característica humana pode – e deve! – ser explorada para conquistar mudanças de hábitos benéficas à saúde, como as irmãs e amigas Ana Clara e Mariana fizeram. “Queríamos qualidade de vida, algo que ia além dos números da balança e dos tamanhos de roupa”, explica Mariana.

As duas decidiram entrar para o Vigilantes do Peso e buscar o equilíbrio que faltava em suas vidas, sem deixar o efeito sanfona atrapalhar. Durante todo o processo, o companheirismo das irmãs proporcionou conquistas e ensinamentos que ultrapassaram essa amizade e contagiaram outros membros da família. Elas se tornaram um exemplo do que o apoio de um amigo durante o processo de reeducação alimentar e no combate ao efeito sanfona pode proporcionar.

“Além do contar com um amigo, é preciso que as duas pessoas tenham como objetivo em comum a busca por uma mudança de estilo de vida”, esclarece o Nutricionista do Vigilantes do Peso, Matheus Motta. “Quando compartilhamos uma refeição com outra pessoa, especialmente um amigo, a nossa consciência em relação ao que estamos comendo e à quantidade, diminui. Estudos indicam que comemos até 30%1 mais, já que a refeição se torna mais longa e nos empolgamos. Daí a importância de ter objetivos alinhados”.

Quando ambos anseiam pela mesma coisa, podem se ajudar a combater:

  • Ansiedade para a próxima refeição
  • Uso do estresse e sentimentos ruins como desculpa para comer
  • Exageros alimentares

“Além da mudança de mindset, o amigo também vai auxiliar a manter a felicidade e a força de vontade lá em cima, já que por passar pelo mesmo caminho que você, vai comemorar cada uma das suas conquistas, seja a prática de uma nova atividade física, os quilos perdidos ou o combate ao efeito sanfona”, complementa Matheus.

Assim como tudo na vida, o Vigilantes do Peso também fica melhor quando se traz um amigo. Ao aderir ao programa, o associado pode convidar quantos amigos quiser para fazer parte dessa rede de apoio. A cada amigo que também decidir se tornar um associado, cada um ganha um mês grátis para mudarem de vida e reforçarem a amizade.

Mais informações em: www.vigilantesdopeso.com.br/br/juntos-no-vp.

Referências

  1. Como seus amigos afetam seu peso. Vigilantes do Peso. Acesso em: 10 de julho. Disponível em www.vigilantesdopeso.com.br/br/artigos/como-seus-amigos-afetam-seu-peso

Deixe seu Comentário! Comentários de leitores ou artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião do G10News