Mulher antiga com crânio de ‘alienígena’ descoberto na Rússia (VÍDEO)

0
243
© www.instagram.com/arheologiya_ri/
Os restos de uma mulher, que acredita-se ser da antiguidade, com um crânio alongado de alienígena foram encontrados durante as escavações de um antigo cemitério no sul da Rússia.

Desde 2017, ossos pertencentes a seres humanos e numerosos animais domésticos e selvagens, juntamente com um grande número de cerâmicas, ornamentos e pontas de flechas de bronze foram descobertos no notável assentamento Gamurzievsky na cidade de Nazran, Inguchétia.

RT

No entanto, a descoberta desta semana do esqueleto de uma mulher – que remonta ao século IV e VI – é particularmente única devido à fascinante deformação intencional de seu crânio e pescoço.

RT

A prática de mudar o formato da cabeça, conhecida cientificamente como deformação craniana artificial (DAC), é uma tradição conhecida entre muitos povos do mundo. Hoje, o resultado se assemelha à percepção de Hollywood de como um alienígena do espaço exterior poderia ser.

“A história conhece muitos exemplos de mudanças propositais no formato da cabeça ” disse um representante do Centro Arqueológico Yevgeny Krupnov que realizou a escavação.

RT

Os crânios foram alongados desde a infância, usando anéis e bandagens repetidas nos primeiros anos de vida, como sinal de um status especial para comandar certos privilégios na sociedade. Restos de ancestrais de elite de várias tribos, incluindo os sármatas, alanos e hunos, também foram encontrados com crânios alongados.

No ano passado, os cientistas finalmente identificaram os restos de 1.500 anos de várias noivas de alto escalão da Bulgária e da Romênia descobertos com crânios em forma de torre. No Peru, cerca de 38 membros de alto escalão da população pré-inca também foram encontrados com cabeças em forma de lágrima que representavam seu prestígio e posição social.

//RT

Deixe seu Comentário! Comentários de leitores ou artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião do G10News