Mortos por furacão nas Bahamas chegam a 30, mas número deve subir

0
78
© AP Photo / Tim Aylen

O número de mortos causados pela passagem do furacão Dorian nas Bahamas subiu para 30, mas as autoridades do país acreditam que a contagem de vítimas fatais ainda aumentará muito mais.

Dorian atingiu o norte da nação caribenha entre domingo e terça-feira, principalmente Grand Bahama e as ilhas Abacos. Os fortes ventos e as chuvas torrenciais deixaram um cenário de destruição, com casas alagadas e localidades inteiras sob lama.

Após passar pelas Bahamas, Dorian seguiu para a costa dos Estados Unidos, porém sem a mesma força. O furacão atingiu os estados de Carolina do Sul e Carolina do Norte.

Nas Bahamas, continuam os esforços para resgatar vítimas e corpos. Milhares de pessoas são consideradas desaparecidas.  O país vem contando com ajuda internacional para lidar com a situação de emergência.

Furacão mais forte a atingir o país

“O público precisa se preparar para informações inimagináveis sobre o número de mortes e o sofrimento humano”, afirmou o ministro da Saúde, Duane Sands, citado pela rede BBC.  De acordo com a Cruz Vermelha Internacional, 45% das casas de Grand Bahama e de Abacos, cerca de 13 mil imóveis, foram destruídas ou severamente danificadas.

Com ventos de até 297 quilômetros por hora, Dorian é o mais poderoso furacão a atingir o país caribenho que se tem notícia.

//Sputniknews

Deixe seu Comentário! Comentários de leitores ou artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião do G10News