Letrissimas.com é destaque do e-commerce brasileiro com maior ROI de 2018

0
72
Fotos de: / MF Press Global

Uma empresa brasileira está fazendo a diferença no e-commerce e chamando atenção até mesmo de grandes corporações como o Facebook. A Letrissimas, fundada por Othon Floris, alcançou em 2018 números surpreendentes e tem grandes planos para o futuro, como abertura para investidores, expansão internacional e consolidação das operações em todo o Brasil.

Hoje, a Letrissimas usa o e-commerce e o poder das redes sociais como forma de atingir o público. Com isso, tornou-se um fenômeno na internet. Devido as possibilidades que o mundo virtual proporciona e estratégias avançadas de marketing digital, atingiram o maior ROI (retorno sobre investimento) do Brasil no último ano: 1.973,42%. Um número realmente impressionante que chamou atenção do Facebook, virando um Case de Sucesso na plataforma.

Tudo começou em 2015, quando o empresário decidiu dar um novo rumo à sua carreira. Formado em Comunicação, Floris viu suas vendas despencarem com a chegada da crise no Brasil e com a retração do mercado. Foi quando ele decidiu produzir tornar um ‘Plano B’, letrinhas para decoração, aproveitando as máquinas da empresa e a data: era pleno Dia dos Namorados. Ele só não podia imaginar que a peça definiria seu futuro, e que o ‘Plano B’ se tornaria um ‘Plano A’, e daria a ele uma nova empresa. 

A fábrica que hoje tem o próprio espaço físico e mais 11 funcionários e 1.200 pedidos mensais. Hoje a Letrissimas tem clientes em todos o território nacional e se prepara para dar passos ainda maiores. Com números tão surpreendentes, a empresa tem atraído também a atenção de investidores nacionais e até mesmo estrangeiros: ” pensamos em abrir inicialmente para investidores que sejam do meio do E-commerce, nesse primeiro momento estamos focados no ‘Smart Money’, para que assim possam contribuir também com experiência para o crescimento da empresa. Não descartamos a possibilidade do IPO, mas pertence a um futuro mais distante”.

Devido a alavancagem nos negócios, há planos de atingir o mercado internacional, com exportação para Portugal e Angola que se inicia em julho e à partir desse primeiro contato com mercado externo, internacionalizar a operação por completo: “pretendemos até o fim do ano que vem montar uma operação de atendimento totalmente treinada e voltada para o mercado externo, assim conseguindo nos comunicar com excelência com clientes do mundo todo”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui