InícioDFJustiça condena a 18 anos de prisão primeira mulher acusada de feminicídio...

Justiça condena a 18 anos de prisão primeira mulher acusada de feminicídio no DF

Wanessa Pereira de Souza foi condenada pela morte de Tatiana Luz da Costa Faria, com pena de 18 anos e 9 meses de prisão em regime inicial fechado

 

247 – O Tribunal do Júri de Santa Maria, região administrativa do Distrito Federal, condenou, nessa quinta-feira (23), a primeira mulher acusada de feminicídio no DF. Wanessa Pereira de Souza foi condenada pela morte de Tatiana Luz da Costa Faria, com pena de 18 anos e 9 meses de prisão em regime inicial fechado, sem direito a recorrer em liberdade.

 

De acordo com a acusação, a ré ateou fogo no apartamento onde morava com a companheira, que teve 90% do corpo queimado e não resistiu aos ferimentos. O crime aconteceu em 23 de setembro de 2019.

Ao portal G1, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) informou que Wanessa foi sentenciada por homicídio com três qualificadoras: feminicídio, motivo fútil e emprego de fogo.

Fonte: 247

 

Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui
Gostou desta notícias? Compartilhe nos botões abaixo!
LEIA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Mais lidas

Revista acontece na Penitenciária de Venâncio Aires

Na última sexta-feira (22), às 12h30, foi realizada uma revista em duas galerias da Penitenciária Estadual de Venâncio Aires, com o objetivo de manter...

Brasileiro: Fluminense e Flamengo disputam clássico no Maracanã

Rádio Nacional transmite partida ao vivo a partir das 19h   Fluminense e Flamengo se enfrentam, no estádio do Maracanã a partir das 19h (horário de...

Covid-19: Brasil tem 21,73 milhões de casos e 605,8 mil mortes

Em 24 horas, foram registrados 5,7 mil casos e 160 óbitos   Os casos de covid-19 desde o princípio da pandemia, no ano passado, somaram 21.735.560....
Publicidade

Assine a nossa newsletter

As principais notícias do Portal G10News diretamente em seu e-mail: