Josie foi presa aos 93 anos. Era o seu desejo antes de morrer

0
194
(dr) Pam Smith / Twitter

Uma mulher de 93 anos foi presa este sábado pela polícia de Greater Manchester. Não cometeu nenhum crime, mas tinha esse desejo profundo antes de morrer.

Josie Birds pediu para ser levada em custódia por polícias depois de dizer que tinha sido boa a vida toda. A falsa prisão foi organizada por um amigo da família e dois polícias que estavam de folga que foram até à sua casa no sábado à tarde.

“Eles algemaram-na e levaram-na para a esquadra na parte de trás da carrinha, onde a interrogaram com rigor”, contou o neto. “Ela queria entrar nas celas também, mas eles traçaram a linha e deram-lhe chá e bolo. Ela andou entusiasmada durante todo o domingo, a falar sobre isso e ainda está animada com a experiência”.

Num tweet, Pam Smith agradeceu à polícia pelo gesto: “Um grande obrigado à Greater Manchester Police por prender hoje a minha Gran Josie. Ela tem 93 anos, a sua saúde está a falhar e ela queria ser presa por alguma coisa antes que seja tarde de mais. Ela tem um coração de ouro e aproveitou muito o dia. Obrigado por conceder os desejos dela.”

Um representante da força policial respondeu. “Fico feliz que os nossos oficiais possam ajudar, parece que ela teve uma grande experiência. Demos o nosso melhor pela Josie e vou tentar passar a mensagem dela para os oficiais que gentilmente a ajudaram,” escreveu.

A mulher disse que foi uma experiência agradável. “Tive um dia lindo, foi interessante. Nada disso alguma vez me aconteceu. Puseram-me as algemas, eu tive tudo.”

Pam Smith afirmou ainda que a polícia de Greater Manchester “fez uma velha senhora muito feliz”. “Ela é muito pobre e queria fazer algo assim, enquanto tem força para se divertir. Ela tem sido boa a vida toda (diz ela…) e queria ter uma experiência para lembrar! Ela é uma estrela”, acrescentou.

Birds tem seis filhas, 20 netos, 28 bisnetos e dois tetranetos, trabalhou na Avro Energy, onde conheceu o seu marido Alf. Depois de se reformar, trabalhou numa loja local durante vários anos.

Segundo o The Guardianeste não é o primeiro episódio do género no Reino Unido, depois de Anne Brokenbrow, de 104 anos, ter transmitido o desejo de ser presa ao lar onde estava instalada, em Bristol.

ZAP //

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui