Connect with us

Esporte

Grêmio é superado pelo Goiás na última rodada do Brasileirão

Publicado

em

O Grêmio enfrentou o Goiás, na tarde deste domingo, na última rodada do Campeonato Brasileiro 2019. Com um time alternativo, formado em grande parte pelos atletas do Grupo de Transição, o Tricolor acabou superado pelo placar de 3 a 2.

Primeiro tempo

Aos 3 minutos, o time esmeraldino conseguiu efetividade em seu primeiro ataque. Marcelo Hermes cobrou um escanteio na medida para Rafael Moura desviar de cabeça para o fundo do gol, abrindo o placar. Já o Tricolor quase empatou no lance seguinte, quando Darlan lançou Pepê e o atacante finalizou, mas o goleiro Tadeu fez a defesa.

Com 7 minutos, Ferreira fez um bom cruzamento da direita, mandando direto a gol, mas o arqueiro goiano salvou. Seis minutos depois, uma nova chance gremista saiu dos pés de Felipe, que colocou a bola na área, mas a zaga desviou de cabeça e o goleiro completou com a defesa.

Passados 20 minutos da etapa inicial, o Goiás teve uma oportunidade em escanteio. Yago cobrou na primeira trave, Ferreira fez o corte, mas a sobra ficou com Michael, que fez uma boa jogada individual e colocou novamente na área. Phelipe saiu do gol para fazer a defesa.

O Grêmio chegou ao empate aos 22 minutos, com uma jogada bem trabalhada. Rodrigues acionou Felipe na direita, que foi a linha de fundo, passou pela marcação e rolou para trás, para Patrick mandar estufar as redes.

Aos 30 minutos, o Tricolor teve uma nova chance em bola parada, com uma falta da esquerda. Juninho cobrou, a zaga afastou e sobrou para Isaque, que chutou forte, mas Tadeu segurou. Cinco minutos depois, Isaque acionou Pepê invadindo a área, mas o atacante foi flagrado em posição de impedimento.

Com 36 minutos, o Grêmio virou o marcador com um golaço de Isaque. Ferreira fez uma boa jogada, passou pela marcação e cruzou na área na medida para Isaque, que completou de letra para o fundo das redes, com categoria.

Na reta final, Capixaba cobrou uma falta frontal, mas a bola explodiu na barreira e ficou com a defesa do time esmeraldino. Já os adversários conseguiram o empate aos 44’, novamente em cobrança de escanteio. Marcelo Hermes colocou na área e Rafael Moura mandou de novo, de cabeça, deixando o placar igual.

Segundo tempo

No segundo tempo, o Grêmio teve uma falta na intermediária logo aos 2’. Frizzo cobrou, mas a zaga afastou e o goleiro Tadeu completou com a defesa. Os goianos responderam com Michael, que fez uma jogada pela esquerda e finalizou a gol, mandando à esquerda da meta defendida por Phelipe.

Aos 6 minutos, o Grêmio ampliou com Isaque, que recebeu um lançamento e mandou a gol, mas foi anulado após análise do VAR, por impedimento do jogador. Já o Goiás teve uma chance em falta da esquerda – Marcelo Hermes cobrou, mas Gilberto cometeu falta de ataque.

Aos 16’, Michael recebeu em condições e deslocou a marcação, finalizando na sequência a gol, mas a bola se perdeu pela linha de fundo, à esquerda da meta. Em seguida, três minutos depois, o esmeraldino conseguiu voltar a frente no marcador com Yago Felipe. Primeiro, Leandro Barcia mandou uma bola na trave e depois de muitas divididas, na sobra, Yago mandou no canto direito de Megiolaro.

O Grêmio criou com Frizzo, aos 30’, de fora da área, que chutou buscando o canto esquerdo da meta defendida por Tadeu, mas o goleiro conseguiu a defesa. Aos 39’, Guilherme Azevedo fez uma boa jogada e acionou Pepê na área, mas o atacante mandou por cima.

Nos acréscimos, depois de uma grande jogada coletiva, Ferreira acabou mandando na trave, quase igualando o marcador no Serra Dourada.

Com o resultado, o Grêmio não somou pontos na última rodada, mas encerrou a competição no G4, na quarta posição, com 65 pontos.

Equipe técnica

GOIÁS (3): Tadeu; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Marcelo Hermes; Gilberto Jr. (Dudu), Léo Sena e Yago Felipe; Leandro Barcia, Michael e Rafael Moura. Técnico: Ney Franco.

Gols: Rafael Moura (3/1T, 44/1T) e Yago Felipe (20/2T).

GRÊMIO (2): Megiolaro; Felipe, Ruan, Rodrigues (Emanuel) e Juninho Capixaba; Matheus Frizzo, Darlan e Patrick; Ferreira (Robert), Pepê e Isaque. Técnico: Victor Hugo Signorelli.

Gols: Patrick (23/1T) e Isaque (37/1T).

Cartões amarelos: Leandro Barcia (Goiás); Darlan (Grêmio).

Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Sidmar dos Santos Meurer. VAR: Emerson de Almeida Ferreira (quarteto mineiro).

O Sul

Continue Lendo
Patrocinado
Clique para comentar

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Lívia Portella apresentará a live “Parabéns Fluzão” em comemoração aos 118 anos do Fluminense

Publicado

em

Nada melhor que comemorar o aniversário do time de coração do que estando com ele. Lívia Portella, rainha das torcidas tricolores, apresentará a live “Parabéns Fluzão, a Live”, no próximo dia 20 de Julho, véspera do dia em que o clube comemora 118 anos. Entre as surpresas, artistas tricolores e participações do mundo do carnaval estão na programação.

A transmissão acontecerá simultaneamente, a partir das 20h30, através do Canal Flunews no facebook e Youtube e também pelas redes sociais da “Força, Glória e Tradição” e do Bloco Minha Raiz. Durante a live os torcedores poderão aderir a campanha “Sócio futebol” e participar do leilão da camisa nova oficial do clube.

“Será uma honra apresentar a live do meu Fluzão, ainda mais neste período que não podemos ir aos estádios, será uma forma de matar um pouco a saudade. Está tudo sendo preparado com muito carinho e teremos muitas surpresas. Irei unir as paixões do Futebol com o samba e faremos uma grande festa”, revelou Lívia

Além de ser rainha das torcidas Fiel Tricolor e FluChopp, Lívia também é princesa do Bloco Minha Raiz, além deste ano ter sido Rainha de Bateria da Escola de Samba Guerreiros Tricolores, formada por sambistas apaixonados pelo Fluminense, sendo a primeira majestade da história da agremiação.

Continue Lendo

Esporte

Governador considera difícil retorno do Campeonato Gaúcho

Publicado

em

Por

© Ricardo Duarte/Internacional/Direitos Reservados

Federação Gaúcha fez reunião com Eduardo Leite

Os clubes mais populares do Rio Grande do Sul, Grêmio e Internacional, voltaram a treinar nesta semana adotando medidas de segurança para evitar o contágio do novo coronavírus (covid-19) entre atletas e funcionários. O campeonato estadual segue suspenso, mas a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) deu um passo na tentativa da retomada da competição, que está paralisada por tempo indeterminado desde o dia 16 de março.

 

O presidente da entidade, Luciano Hocsman, se reuniu no Palácio Piratini com o governador Eduardo Leite e apresentou um documento com diretrizes de segurança sanitária elaborado pela FGF. Após o encontro, o chefe do executivo estadual prometeu analisá-lo, mas acredita ser difícil a sua implementação neste momento.

 

“Vamos avaliar estes protocolos sugeridos pela federação e considerá-los no próximo decreto que vem até a próxima sexta (8). Qual é o grande desafio? É que o campeonato estadual, como acontece em todo o estado, precisa de uma regra uniforme no território e o protocolo não vai pela uniformidade, mas pela regionalidade, ou seja, cada região vai ter uma bandeira, e cada uma poderá ter que, consequentemente, obedecer, em uma semana, regras mais rigorosas que uma outra região. O que poderá significar que o campeonato teria que, eventualmente, em uma região, seguir um protocolo diferente da outra, e isso gera uma desigualdade, uma falta de uniformidade, o que pode comprometer as condições de se fazer a competição”.

Sabendo das circunstâncias de incerteza e da dificuldade para liberação, o mandatário da federação concluiu que a conversa foi oportuna para mostrar um projeto de viabilidade do estadual.

 

“Não foi uma proposta, foi uma situação de protocolo, uma minuta, para ser apresentada ao governador e para ser debatida com ele e com seu gabinete de crise”, relatou o mandatário da Federação.

 

Eduardo Leite ainda explicou que, caso o campeonato seja liberado para reiniciar, duraria aproximadamente dois meses para ser concluído, tempo considerado longo, tendo em vista que restam poucas partidas para encerrar a competição: “Levaria, talvez, até 2 meses para ser concluído, entre o tempo preparatório de remobilização, os treinos e o período necessário para os jogos. É absolutamente impossível neste momento conseguir fazer uma projeção do que teremos efetivamente nos próximos 2 meses”.

 

Mesmo que seja autorizada a disputa das partidas, o governador descarta a possibilidade da presença público: “Seguramente sem público, qualquer atividade com reunião de grande número de pessoas nós só vemos possibilidade no pós-pandemia”.

 

//EBC

Continue Lendo

Esporte

De saída, Felipe Barros se despede do River-PI e valoriza oportunidade: “Evolução”

Publicado

em

Por

Fotos Anexadas: Victor Costa/River-PI

Chegou ao fim a passagem do zagueiro Felipe Barros pelo River-PI. O contrato do defensor com o clube se encerrou na última terça-feira (5) e ambas as partes optaram por não renovar o vínculo.

 

Felipe Barros foi anunciado pelo River-PI em novembro de 2019, já como reforço para esta temporada. No Galo, o jogador viveu o seu principal momento em fevereiro. Ele foi titular no triunfo por 1 a 0 sobre o Bahia, que classificou a equipe para a segunda fase da Copa do Brasil.

“Foi um período de evolução na minha carreira e sou grato ao River pela oportunidade. Fui muito bem recebido por todos no clube e isso facilitou a minha adaptação. Infelizmente não conseguimos concluir o estadual por causa da pandemia, mas vivemos bons momentos ao longo desses meses, como quando vencemos o Bahia pela Copa do Brasil. Fico na torcida pelo sucesso do clube quando as coisas melhorarem”, destacou o jogador, de 25 anos, que levou apenas um cartão amarelo durante a sua passagem pelo River-PI.

 

Agora, Felipe Barros foca as suas atenções na sequência da temporada. Com as competições suspensas devido à pandemia do novo coronavírus, o jogador segue treinando em casa enquanto define o seu futuro.

 

“Venho treinando em casa ao longo das últimas semanas e já tenho analisado algumas situações para a sequência da temporada. Estou 100% fisicamente e pronto para um novo desafio. Agora é seguir tomando os cuidados para que possamos vencer esta luta contra o coronavírus. Espero que todos fiquem bem e que em breve possamos retomar as nossas rotinas”, concluiu Felipe Barros, formado nas categorias de base do São Paulo e com passagens pelo futebol japonês e português.

 

Fotos Anexadas: Victor Costa/River-PI

Continue Lendo

Newsletters

Receba as Notícias do Site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana