Grêmio é superado pelo Goiás na última rodada do Brasileirão

0
157
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O Grêmio enfrentou o Goiás, na tarde deste domingo, na última rodada do Campeonato Brasileiro 2019. Com um time alternativo, formado em grande parte pelos atletas do Grupo de Transição, o Tricolor acabou superado pelo placar de 3 a 2.

Primeiro tempo

Aos 3 minutos, o time esmeraldino conseguiu efetividade em seu primeiro ataque. Marcelo Hermes cobrou um escanteio na medida para Rafael Moura desviar de cabeça para o fundo do gol, abrindo o placar. Já o Tricolor quase empatou no lance seguinte, quando Darlan lançou Pepê e o atacante finalizou, mas o goleiro Tadeu fez a defesa.

Com 7 minutos, Ferreira fez um bom cruzamento da direita, mandando direto a gol, mas o arqueiro goiano salvou. Seis minutos depois, uma nova chance gremista saiu dos pés de Felipe, que colocou a bola na área, mas a zaga desviou de cabeça e o goleiro completou com a defesa.

Passados 20 minutos da etapa inicial, o Goiás teve uma oportunidade em escanteio. Yago cobrou na primeira trave, Ferreira fez o corte, mas a sobra ficou com Michael, que fez uma boa jogada individual e colocou novamente na área. Phelipe saiu do gol para fazer a defesa.

O Grêmio chegou ao empate aos 22 minutos, com uma jogada bem trabalhada. Rodrigues acionou Felipe na direita, que foi a linha de fundo, passou pela marcação e rolou para trás, para Patrick mandar estufar as redes.

Aos 30 minutos, o Tricolor teve uma nova chance em bola parada, com uma falta da esquerda. Juninho cobrou, a zaga afastou e sobrou para Isaque, que chutou forte, mas Tadeu segurou. Cinco minutos depois, Isaque acionou Pepê invadindo a área, mas o atacante foi flagrado em posição de impedimento.

Com 36 minutos, o Grêmio virou o marcador com um golaço de Isaque. Ferreira fez uma boa jogada, passou pela marcação e cruzou na área na medida para Isaque, que completou de letra para o fundo das redes, com categoria.

Na reta final, Capixaba cobrou uma falta frontal, mas a bola explodiu na barreira e ficou com a defesa do time esmeraldino. Já os adversários conseguiram o empate aos 44’, novamente em cobrança de escanteio. Marcelo Hermes colocou na área e Rafael Moura mandou de novo, de cabeça, deixando o placar igual.

Segundo tempo

No segundo tempo, o Grêmio teve uma falta na intermediária logo aos 2’. Frizzo cobrou, mas a zaga afastou e o goleiro Tadeu completou com a defesa. Os goianos responderam com Michael, que fez uma jogada pela esquerda e finalizou a gol, mandando à esquerda da meta defendida por Phelipe.

Aos 6 minutos, o Grêmio ampliou com Isaque, que recebeu um lançamento e mandou a gol, mas foi anulado após análise do VAR, por impedimento do jogador. Já o Goiás teve uma chance em falta da esquerda – Marcelo Hermes cobrou, mas Gilberto cometeu falta de ataque.

Aos 16’, Michael recebeu em condições e deslocou a marcação, finalizando na sequência a gol, mas a bola se perdeu pela linha de fundo, à esquerda da meta. Em seguida, três minutos depois, o esmeraldino conseguiu voltar a frente no marcador com Yago Felipe. Primeiro, Leandro Barcia mandou uma bola na trave e depois de muitas divididas, na sobra, Yago mandou no canto direito de Megiolaro.

O Grêmio criou com Frizzo, aos 30’, de fora da área, que chutou buscando o canto esquerdo da meta defendida por Tadeu, mas o goleiro conseguiu a defesa. Aos 39’, Guilherme Azevedo fez uma boa jogada e acionou Pepê na área, mas o atacante mandou por cima.

Nos acréscimos, depois de uma grande jogada coletiva, Ferreira acabou mandando na trave, quase igualando o marcador no Serra Dourada.

Com o resultado, o Grêmio não somou pontos na última rodada, mas encerrou a competição no G4, na quarta posição, com 65 pontos.

Equipe técnica

GOIÁS (3): Tadeu; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Marcelo Hermes; Gilberto Jr. (Dudu), Léo Sena e Yago Felipe; Leandro Barcia, Michael e Rafael Moura. Técnico: Ney Franco.

Gols: Rafael Moura (3/1T, 44/1T) e Yago Felipe (20/2T).

GRÊMIO (2): Megiolaro; Felipe, Ruan, Rodrigues (Emanuel) e Juninho Capixaba; Matheus Frizzo, Darlan e Patrick; Ferreira (Robert), Pepê e Isaque. Técnico: Victor Hugo Signorelli.

Gols: Patrick (23/1T) e Isaque (37/1T).

Cartões amarelos: Leandro Barcia (Goiás); Darlan (Grêmio).

Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Sidmar dos Santos Meurer. VAR: Emerson de Almeida Ferreira (quarteto mineiro).

O Sul

Deixe seu Comentário! Comentários de leitores ou artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião do G10News