Connect with us

Esporte

Fluminense vence Grêmio no Maracanã em partida pela 22ª rodada do Brasileirão

Publicado

em

A partida entre Fluminense e Grêmio iniciou com gols, neste domingo (29), no estádio Maracanã, no Rio de Janeiro. O jogo foi válido pela 22ª rodada do Brasileirão. Com quase 18 mil torcedores presentes, o Flu levou a melhor e venceu por 2×1, com gols de Nenê e Caio Henrique. Com time reserva, o Grêmio descontou no segundo tempo, aos 30 minutos, com gol de Patrick.

A vitória mantém o Fluminense na 16ª colocação, agora com 22 pontos, três à frente da zona de rebaixamento. Já o Grêmio estaciona nos 34 pontos, ficando em sétimo lugar. O Tricolor Gaúcho recebe o Flamengo nesta quarta-feira (02), pela semifinal da Libertadores, na Arena, em Porto Alegre.

Como foi o jogo

Logo aos seis minutos do primeiro tempo, o time Carioca fez a rede balançar, com gol marcado por Nenê. Também nos primeiros minutos do segundo, aos 4, Caio Henrique ampliou o placar, garantido a vitória para os Cariocas.

Apesar disso, no primeiro tempo o Grêmio ficou mais tempo com a bola no campo ofensivo do que o Fluminense, que atacou mais pelo lado esquerdo. A maior posse de bola foi do time Gaúcho, com 56% e 44% para o Flu.

Porém, com poucas construções de oportunidades de gols, o Grêmio teve muita dificuldade em atacar, cometendo diversos erros de passe, principalmente no primeiro tempo, o que facilitou o jogo do Fluminense.

O Tricolor gaúcho respondeu ao primeiro gol tomado com uma jogada ousada, com Thaciano soltando uma bomba da área do Flu. Mas o goleiro Muriel saiu muito bem e defendeu.

O time Carioca também não conseguiu construir boas jogadas, errando muitos passes e adotando jogadas com saída de bola pelo chão.

Aos 20, João Pedro perdeu a bola e deu o contra-ataque ao Grêmio, que chegou pela esquerda com Pepê. Ele rolou para André, mas o centroavante mandou muito alto.

Seis minutos depois, quase sai o segundo gol do Fluminense em jogada de Ganso, que deu o passe para João Pedro, que passa para Yony. O atacante chutou cruzado, muito perto do gol de Júlio César.

A marcação do Grêmio estava bastante desarrumada e Léo Moura teve muita dificuldade de acompanhar os atacantes Tricolores.

Os gaúchos criaram boas chances aos 20 e aos 25, com André e Thaciano. Yony também chutou cruzado, mas à esquerda de Júlio César. Aos 37, foi a vez de João Pedro assustar em cabeçada, após cruzamento de Caio Henrique.

O segundo tempo iniciou com a rede balançando. Aos quatro minutos, o volante Caio Henrique marcou para o time das Laranjeiras. João Pedro arrancou pelo meio e lançou para Yony, que deixou de calcanhar para o volante. A bola ainda passou por baixo do goleiro do Grêmio, mas ele não conseguiu evitar o gol.

Aos 06 e aos 09 minutos mais cartão amarelo: Ganso, do Fluminense, e Luciano, do Grêmio, respectivamente.

Após o cartão amarelo, um lance polêmico leva o árbitro à pedir auxílio do VAR: jogadores gremistas reclamam de mão na área do Fluminense. Luciano pediu pênalti em bola que tocou no braço de Gilberto dentro da área. Ele leva cartão amarelo.

O árbitro Caio Max Viera analisa possível toque de mão de Yuri, mas entende como jogada normal e manda o jogo seguir.

Com placar desfavorável, o técnico gremista, Renato Portaluppi, faz mudanças no time, aos 21 minutos do segundo tempo. Sai o atacante Luciano e entra o também atacante Ferreira.

Aos 29 mais mudanças, dessa vez no time Carioca: saiu o meia central Daniel e entrou o lateral esquerda Orinho.
Em seguida o Grêmio descontou o placar, a bola sobrou para Patrick, que chutou forte, sem chance para Muriel.

Aos 33 mais um cartão amarelo, dessa vez para o atacante André. A essa altura, o jogo estava aberto, com os dois times atacando muito e construindo boas jogadas.

Aos 41 substituições nos dois times: o atacante do time Carioca, Wellington Nem entra e o meia central Nenê, autor do primeiro gol, sai. No Grêmio, sai o leteral direito Léo Moura e entra o atacante Guilherme Azevedo.

E termina em 2×1 a partida deste domingo, no Maracanã.

O Sul

Esporte

Governador considera difícil retorno do Campeonato Gaúcho

Publicado

em

Por

© Ricardo Duarte/Internacional/Direitos Reservados

Federação Gaúcha fez reunião com Eduardo Leite

Os clubes mais populares do Rio Grande do Sul, Grêmio e Internacional, voltaram a treinar nesta semana adotando medidas de segurança para evitar o contágio do novo coronavírus (covid-19) entre atletas e funcionários. O campeonato estadual segue suspenso, mas a Federação Gaúcha de Futebol (FGF) deu um passo na tentativa da retomada da competição, que está paralisada por tempo indeterminado desde o dia 16 de março.

 

O presidente da entidade, Luciano Hocsman, se reuniu no Palácio Piratini com o governador Eduardo Leite e apresentou um documento com diretrizes de segurança sanitária elaborado pela FGF. Após o encontro, o chefe do executivo estadual prometeu analisá-lo, mas acredita ser difícil a sua implementação neste momento.

 

“Vamos avaliar estes protocolos sugeridos pela federação e considerá-los no próximo decreto que vem até a próxima sexta (8). Qual é o grande desafio? É que o campeonato estadual, como acontece em todo o estado, precisa de uma regra uniforme no território e o protocolo não vai pela uniformidade, mas pela regionalidade, ou seja, cada região vai ter uma bandeira, e cada uma poderá ter que, consequentemente, obedecer, em uma semana, regras mais rigorosas que uma outra região. O que poderá significar que o campeonato teria que, eventualmente, em uma região, seguir um protocolo diferente da outra, e isso gera uma desigualdade, uma falta de uniformidade, o que pode comprometer as condições de se fazer a competição”.

Sabendo das circunstâncias de incerteza e da dificuldade para liberação, o mandatário da federação concluiu que a conversa foi oportuna para mostrar um projeto de viabilidade do estadual.

 

“Não foi uma proposta, foi uma situação de protocolo, uma minuta, para ser apresentada ao governador e para ser debatida com ele e com seu gabinete de crise”, relatou o mandatário da Federação.

 

Eduardo Leite ainda explicou que, caso o campeonato seja liberado para reiniciar, duraria aproximadamente dois meses para ser concluído, tempo considerado longo, tendo em vista que restam poucas partidas para encerrar a competição: “Levaria, talvez, até 2 meses para ser concluído, entre o tempo preparatório de remobilização, os treinos e o período necessário para os jogos. É absolutamente impossível neste momento conseguir fazer uma projeção do que teremos efetivamente nos próximos 2 meses”.

 

Mesmo que seja autorizada a disputa das partidas, o governador descarta a possibilidade da presença público: “Seguramente sem público, qualquer atividade com reunião de grande número de pessoas nós só vemos possibilidade no pós-pandemia”.

 

//EBC

Continue Lendo

Esporte

De saída, Felipe Barros se despede do River-PI e valoriza oportunidade: “Evolução”

Publicado

em

Por

Fotos Anexadas: Victor Costa/River-PI

Chegou ao fim a passagem do zagueiro Felipe Barros pelo River-PI. O contrato do defensor com o clube se encerrou na última terça-feira (5) e ambas as partes optaram por não renovar o vínculo.

 

Felipe Barros foi anunciado pelo River-PI em novembro de 2019, já como reforço para esta temporada. No Galo, o jogador viveu o seu principal momento em fevereiro. Ele foi titular no triunfo por 1 a 0 sobre o Bahia, que classificou a equipe para a segunda fase da Copa do Brasil.

“Foi um período de evolução na minha carreira e sou grato ao River pela oportunidade. Fui muito bem recebido por todos no clube e isso facilitou a minha adaptação. Infelizmente não conseguimos concluir o estadual por causa da pandemia, mas vivemos bons momentos ao longo desses meses, como quando vencemos o Bahia pela Copa do Brasil. Fico na torcida pelo sucesso do clube quando as coisas melhorarem”, destacou o jogador, de 25 anos, que levou apenas um cartão amarelo durante a sua passagem pelo River-PI.

 

Agora, Felipe Barros foca as suas atenções na sequência da temporada. Com as competições suspensas devido à pandemia do novo coronavírus, o jogador segue treinando em casa enquanto define o seu futuro.

 

“Venho treinando em casa ao longo das últimas semanas e já tenho analisado algumas situações para a sequência da temporada. Estou 100% fisicamente e pronto para um novo desafio. Agora é seguir tomando os cuidados para que possamos vencer esta luta contra o coronavírus. Espero que todos fiquem bem e que em breve possamos retomar as nossas rotinas”, concluiu Felipe Barros, formado nas categorias de base do São Paulo e com passagens pelo futebol japonês e português.

 

Fotos Anexadas: Victor Costa/River-PI

Continue Lendo

Esporte

O Inter informa o retorno aos treinamentos

Publicado

em

Por

Marcelo Lomba durante treinamento no início do ano. Foto: Ricardo Duarte/Internacional

O Sport Club Internacional comunicou que retomará as atividades do Departamento de Futebol Profissional a partir da próxima segunda-feira (4), com a reapresentação da comissão técnica e grupo de apoio. O retorno dos atletas será na terça-feira (5), às 9 horas. Segundo o clube, o retorno acontece em acordo com o decreto publicado pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre.

Os profissionais serão avaliados diariamente e passarão por testes para a Covid-19. O grupo de jogadores será dividido em horários para a realização das atividades, cumprindo todas as recomendações das instituições de saúde e governamentais. O Clube seguirá atento aos futuros decretos e orientações das autoridades para adotar novas medidas, caso necessárias, em seus protocolos.

 

O acesso ao CT Parque Gigante será controlado e restrito, reduzindo ao máximo o fluxo de pessoas. As atividades serão fechadas para a imprensa e público em geral.

 

O Sul

Continue Lendo

Newsletters

Receba as Notícias do Site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana

Notícias no seu WhatsApp whatsapp