Connect with us

Esporte

‘Eu acho que é inevitável’: o campeão do UFC Jon ‘Bones’ Jones fala sobre as ambições da WWE

Publicado

em

Jon Jones, o maior peso-pesado da história, diz que é apenas uma questão de tempo até que seu nome seja contado entre os que competiram pelo UFC e pela WWE depois de admitir sua admiração pela liga profissional de luta livre.

A lista de nomes que apareceram nas artes marciais mistas e em seu primo de pantomima, luta profissional, é exclusiva. É claro que Brock Lesnar e Ronda Rousey tiveram um tremendo sucesso, conquistando títulos em ambas as atividades, enquanto outros como Matt Riddle, Shayna Baszler e, mais recentemente, Cain Velasquez também saltaram entre os códigos.

Jones, que derrotou Dominick Reyes em uma decisão contenciosa no evento principal do UFC 247 no último fim de semana, seria um dos maiores nomes ainda a cruzar códigos e admitiu à Sports Illustrated que uma eventual mudança para a WWE não é improvável.

” Eu acho que é inevitável “, disse Jones. ” Sempre respeitei a WWE e sinto que os esportes podem ser tão parecidos. ”

De fato, o crescimento das artes marciais mistas ao longo dos últimos 25 anos foi absorvido por elementos da cultura profissional da luta livre, desde as paradas chamativas até os gostos da persona de ‘calcanhar’ frequentemente ridicularizada de Colby Covington no UFC, os quais são elementos que indicam as diferenças entre MMA e boxe, por exemplo.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Sorry if I scared you a little.

Uma publicação partilhada por Jon Bones Jones (@jonnybones) a

Basta olhar para o tremendo poder de desenho de Brock Lesnar ao entrar no UFC em 2009 para obter evidências de polinização cruzada entre as duas bases de fãs, embora a recente corrida de Rousey na WWE pareça sugerir que os fãs de MMA não estão tão entusiasmados em seguir seus lutadores ao entretenimento esportivo comparado ao vice-versa.

Isso certamente mudaria se Jones, um dos personagens mais controversos do UFC, fiz sua estréia em um ringue da WWE.

” Tenho o tamanho, o atletismo e o seguinte para fazer a transição muito bem “, disse Jones. ” Ter a oportunidade de aparecer, mesmo como convidado especial, seria um sonho tornado realidade .”

Além do mais, Vince McMahon e seus colegas da WWE poderiam potencialmente organizar um programa entre Jones e Lesnar após anos de especulações sobre a vontade de Jones de mudar para o peso pesado – uma luta que não estava disponível no UFC, mas deveria ser mais fácil de organizar no mundo roteirizado do wrestling profissional.

E você pode apostar que os fãs de ambos os códigos estariam mais do que interessados ​​em ver o que acontece quando esses dois homens ficam cara a cara.

//RT

Continue Lendo
Patrocinado
Clique para comentar

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

No segundo Grenal da Libertadores, Grêmio supera o Inter e vence a partida por 1 a 0

Publicado

em

Por

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Na noite dessa quarta-feira (23), a dupla Grenal se enfrentou pelo segundo Grenal na história da Libertadores.

E nas escalações já começaram as surpresas. Do lado do Inter, na lateral esquerda quem tomou a titularidade foi Matheus Jussá, já que o lateral Uendel está confirmado com COVID-19. Já do lado tricolor, a volta de Kannemann e Pepê marcaram mudanças no time.

A bola rolou e os times começaram se conhecendo, várias bolas recuadas para os goleiros, e os dois apostando na troca de passes. Aos 4′, o Grêmio tentou atacar em um cruzamento com Cortez, mas Zé Gabriel chegou antes para chutar para a fora, garantindo o escanteio tricolor.

Aos 7′ minutos, mais uma tentativa do lado azul, em um contra-ataque rápido Orejuela tocou para Alisson que, marcado por Cuesta, chutou para fora.

Aos 10′, o Inter foi ao ataque, Boschilia tentou o cruzamento mas foi bloqueado por Orejuela.

O jogo se manteve frenético, com os dois times procurando o jogo, investindo muito na troca de passes, tentando infiltrar na área adversária, mas sem muita objetividade no ataque, que não era concluído com facilidade. Aos 15′, falta perigosa de longa distância para o Inter, Saravia cobrou mas a bola foi para a linha de fundo.

Aos 18′, primeiro cartão. Rodrigo Lindoso chegou forte no jogador Alisson, que ficou caído no chão.

Aos 27′, mais uma tentativa do time tricolor. Pepê aproveitou a lambança de Saravia, invadiu a área e tocou para Alisson, que chutou. A bola saiu e o goleiro Marcelo Lomba cobrou o escanteio.

O Grêmio explorava muito bem a velocidade de Alisson e Orejuela contra Matheus Jussa – que não é da posição. O time Tricolor encontrava espaços pelos lados do campo. E o Inter não conseguia engrenar o seu jogo.

Aos 35, um bom momento do Inter, Cuesta lançou às costas de Rodrigues. Marcos Guilherme cruzou para Galhardo que cabeceou. Vanderlei segurou sem dificuldade.

Aos 39′, mais um cartão. Lucas Silva deu uma entrada forte em Marcos Guilherme e recebeu o cartão amarelo no mesmo minuto.

Aos 42′, após cobrança de lateral, Zé Gabriel cortou errado. A bola sobrou para Orejuela, que soltou a bomba, mas a bola saiu para a linha de fundo.

Fim de primeiro e o jogo se mantinha empatado.

Ao apito do segundo tempo, o jogo ainda estava frenético com os dois times tentando chegar perto do gol, para abrir o placar.

Aos 12′, o Inter tentou! Abel Hernández roubou a bola de Matheus Henrique e tocou para Boschilia. O meia cruzou na cabeça de Thiago Galhardo. Vanderlei defendeu, evitando o gol do Inter.

Aos 17′, Pepê avançou com a bola e tocou para Matheus Henrique. O camisa 7 acionou Orejuela, que cruzou, mas exagerou na força e o zagueiro Cuesta ficou com a bola.

Aos 22′, a chance mais concreta do segundo tempo. Na correria, Pepê recebeu de Diego Souza e tentou encobrir Lomba, mas chutou para fora.

Aos 27′ Alisson recebeu na direita, chamou Musto para dançar, invadiu a área e chutou cruzado. A bola foi para fora.

Mas aos 28′, o tricolor abriu o placar no Beira-Rio. Pepê recebeu de Darlan, limpou e chutou no canto esquerdo de Lomba, que saltou, mas não alcançou a bola. 1×0 para Grêmio.

Aos 30′, o Inter tentou responder. Abel Hernández girou e tentou um volei. Vanderlei fez a defesa.

Mas aos 31′, as mudanças começaram a acontecer. No colorado, saiu Rodrigo Lindoso para a entrada de D’Alessandro e Marcos Guilherme para a entrada de Leandro Fernández.

Aos 36′, saiu do lado tricolor. 3 em sequência. Saiu Pepê, com câimbras, para a entrada de Luiz Fernando. Darlan saiu para a entrada de Robinho e Diego Souza saiu para a entrada de Isaque.

E o cartão amarelo saiu mais uma vez aos 43′ minutos. Leandro Fernández foi punido por agarrar Luiz Fernando.

Aos 44′, Alisson saiu para a entrada de Guilherme Azevedo.

E aos 49′, o Grêmio tentou o último com Orejuela que recebeu na direita, driblou Jussa mas a bola desvia e sai.

E aos 50′, fim de jogo! O Grêmio vence o jogo por 1 a 0.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

O Sul

Continue Lendo

Esporte

Grêmio e Inter se enfrentam pela Libertadores

Publicado

em

Por

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A dupla Grenal volta a se enfrentar pela Libertadores nesta quarta-feira (23), a partir das 21h30 (de Brasília), no estádio Beira-Rio. O clássico de número de 427 ocorre 6 meses depois do primeiro duelo na história pela competição sul-americana, marcado pela pancadaria em campo e oito expulsões, quatro de cada lado.

Inter de Eduardo Coudet:

O técnico argentino deve ter em campo os seguintes jogadores:

Marcelo Lomba; Saravia, Zé Gabriel, Víctor Cuesta e Uendel; Musto, Nonato, Lindoso e Boschilia; Thiago Galhardo e Abel Hernández;

Grêmio de Renato Portaluppi:

O tricolor deve ter em campo os seguintes jogadores:

Vanderlei; Victor Ferraz, Rodrigues, Kannemann e Diogo Barbosa; Lucas Silva, Matheus Henrique e Darlan; Pepê, Alisson e Diego Souza; 

Arbitragem;

Patrício Loustau apita a partida, auxiliado por Ezequiel Brailovsky e Diego Bonfa. Facunto Tello será o quarto arbitro. O quarteto é da Argentina.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

O Sul

Continue Lendo

Esporte

Animado, Welinton Junior aposta em retrospecto positivo antes de estreia pelo Portimonense

Publicado

em

Por

Fotos Anexadas: Divulgação/Portimonense

Falta pouco para a estreia oficial. Na próxima segunda-feira (21), Welinton Junior deve fazer o seu primeiro jogo pelo Portimonense. O adversário será o Paços de Ferreira, equipe que traz boas lembranças para o atacante. Ele deixou a sua marca nas duas vezes que enfrentou a equipe pacense.

“Pude marcar gols nas últimas vezes que enfrentei o Paços de Ferreira. Vou fazer o meu melhor para que seja assim novamente, mas espero que possamos conquistar um bom resultado antes de qualquer coisa”, ressaltou o jogador, de 27 anos, revelado pelo Goiás e que no Brasil também defendeu equipes como Paysandu e Coritiba

O duelo com o Paços de Ferreira marca o início da segunda temporada de Welinton Junior em Portugal. Após se destacar pelo Desportivo Aves na última época — com 11 gols e quatro assistências em 28 jogos — o atacante espera números ainda melhores no Portimonense.

“A expectativa é de que eu possa ajudar a equipe com gols e assistências. Tive números muito bons na última temporada e vou trabalhar para que eles sejam ainda melhores aqui no Portimonense. Estou animado com o início desta nova etapa na minha carreira”, concluiu.

Portimonense e Paços de Ferreira se enfrentam às 15h45 (horário de Brasília). O palco da partida será o estádio Municipal de Portimão, casa da equipe alvinegra.

Fotos Anexadas: Divulgação/Portimonense

Continue Lendo

Newsletters

Receba as Notícias do Site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana