Eliane Giardini e Paulo Betti estrelam “A Fera na Selva” que estreia dia 3 de outubro no Rio de Janeiro

0
94
"A Fera na Selva" é baseado na obra do escritor americano Henry James

Baseado livremente na obra do escritor americano Henry James, escrita no século XX, filme conta uma história de amor incompreendida

São Paulo, setembro de 2019 – O filme “A Fera na Selva”, estrelado por Paulo Betti e Eliane Giardini estreia dia 3 de outubro no Rio de Janeiro.

Baseado livremente na obra do escritor americano Henry James, escrita no século XX, o longa-metragem conta uma história de amor incompreendida.

Os atores também assinam a direção junto com Lauro Escorel.

Veja o trailer www.youtube.com/watch?v=8awWHIwrdEQ&feature=youtu.be

No filme acompanhamos um homem que vive de olho no futuro e passa a vida esperando por um acontecimento sem conseguir enxergar os sinais de algo que poderia realmente ter transformado sua vida mas que acabou ficando em segundo plano, como uma fera à espreita na selva.

No elenco ainda estão Juliana Betti, Janice Vieira, Cristina Labronici, Ademir Feliziani e Mário Pérsico.

“A Fera na Selva” é coproduzido por Prole de Adão Produções, Batuta Filmes, Canal Brasil e Globo Filmes. O produtor associado é Fernando Meirelles. A distribuição nos cinemas é da O2 Play.

Betti percorrerá cidades para sessões exclusivas com o público

A partir do dia 3 de outubro, data em que o filme estreia, Betti percorrerá semanalmente diversas cidades brasileiras participando de exibições especiais para conversas com o público sobre o processo de produção do filme.

Segundo o ator, 90% dos figurantes que aparecem no filme leram o livro e o roteiro. “Dando continuidade a esse processo, digamos educativo, lançaremos o filme com um projeto de curso à distância de Adaptação Literária. Grátis”, explica. Mais informações em aferanaselva.com.br/

“A Fera na Selva” foi selecionado para o 45o Festival de Cinema de Gramado (RS), para a 42a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo (SP), além do 33o San Francisco Latin Film Festival e para o 10o Chicago Latin Film Festival, entre outros.

Betti em cena de “A Fera na Selva”

Sinopse

João e Maria vivem uma vida inteira juntos. Ele é professor de português, ela de literatura inglesa. João é atormentado pela obsessão que uma coisa extraordinária vai acontecer em sua vida. Maria aceita esperar com ele A Fera na Selva, que um dia chegará avassaladora.

“A Fera na Selva” direção Eliane Giardini, Paulo Betti e Lauro Scorel

A partir de 03 de outubro

DIREÇÃO: Eliane Giardini, Paulo Betti, Lauro Escorel

COPRODUÇÃO: Prole de Adão Produções, Batuta Filmes, Canal Brasil, Globo Filmes

ROTEIRO: Paulo Betti, Luís Artur Nunes, Eliane Giardini e Rafael Romão

PRODUÇÃO ASSOCIADA: Fernando Meirelles

PRODUÇÃO EXECUTIVA: Gilberg Antunes

PRODUÇÃO DE ELENCO: Juliana Betti

NARRAÇÃO: José Mayer

DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: Lauro Escorel, ABC

DIREÇÃO DE ARTE: Ronald Teixeira

DIREÇÃO DE PRODUÇÃO: Alexandre Miliani

DIREÇÃO DE PLATÔ: Ocimar Marques

MONTAGEM: Eduardo Escorel

TRILHA MUSICAL: Felipe Lara

SOM DIRETO: Márcio Câmara

DESENHO DE SOM: Alexandre Griva, Gabriel Pinheiro

FIGURINO: Maribel Espinoza, Ronald Teixeira

MAQUIAGEM E CARACTERIZAÇÃO: Siva Rama Terra, Ebony

PRODUÇÃO DE FINALIZAÇÃO: Marcelo Pedrazzi

ADAPTAÇÃO DE A FERA NA SELVA, DE HENRY JAMES

DISTRIBUIDORA: O2 Play

Sobre a Globo Filmes

Desde 1998, a Globo Filmes já participou de mais de 300 filmes, levando ao público o que há de melhor no cinema brasileiro. Com a missão de contribuir para o fortalecimento da indústria audiovisual nacional, a filmografia contempla vários gêneros, como comédias, infantis, romances, documentários, dramas e aventuras, apostando na diversidade e em obras que valorizam a cultura brasileira. A Globo Filmes participou de alguns dos maiores sucessos de público e de crítica como, ‘Tropa de Elite 2’, ‘Minha Mãe é uma Peça 2’ – com mais de 9 milhões de espectadores -, ‘Se Eu Fosse Você 2’, ‘2 Filhos de Francisco’, ‘Aquarius’, ‘Que Horas Ela Volta?’, ‘O Palhaço’, ‘Getúlio’, ‘Carandiru’, ‘Cidade de Deus’ – com quatro indicações ao Oscar e Bacurau que recebeu o prêmio do Júri no Festival de Cannes. Suas atividades se baseiam em uma associação de excelência com produtores independentes e distribuidores nacionais e internacionais.

Canal Brasil

O Canal Brasil é, hoje, o canal responsável pela maior parte das parcerias entre TV e cinema do país, com 330 longas-metragens coproduzidos só nos últimos 10 anos. No ar há duas décadas, apresenta uma programação composta por muitos discursos, que se traduzem em filmes dos mais importantes cineastas brasileiros, e de várias fases do nosso cinema, além de programas de entrevista e séries de ficção e documentais. O que pauta o canal é a diversidade e a palavra de ordem é liberdade – desde as chamadas e vinhetas até cada atração que vai ao ar.

canalbrasilplay.com.br

O2 Play

A O2 Play é dirigida por Igor Kupstas sob a tutela de Paulo Morelli, sócio da O2 Filmes, e faz parte do grupo O2, que tem como sócios também o cineasta Fernando Meirelles e a produtora Andrea Barata Ribeiro. Em atividade desde 2013, a O2 Play se diferencia das demais distribuidoras por trabalhar além do cinema, TV e vendas internacionais, o VOD (Video on Demand), como uma distribuidora digital. Possui contratos com plataformas como o iTunes, Google Play, Netflix, NOW, Claro Vídeos, Vimeo, ofertando além de conteúdos longa-metragem e seriados também serviços de delivery (Encoding).

A O2 Play lançou em cinema filmes como CIDADE CINZA (2013), com os grafiteiros OsGêmeos, LATITUDES (2014), romance com Alice Braga e Daniel de Oliveira que foi parte de um inovador projeto transmídia, JUNHO – O MÊS QUE ABALOU O BRASIL (2014), documentário da Folha de S. Paulo, primeiro filme a chegar aos cinemas e em VOD na mesma data, A LEI DA ÁGUA (2015), documentário de André D’Elia com produção de Fernando Meirelles, A BRUTA FLOR DO QUERER (2016), vencedor de 2 prêmios em Gramado, UMA NOITE EM SAMPA (2016), de Ugo Giorgetti, PARATODOS, doc sobre atletas paraolímpicos que após carreira elogiada pela críticas nos cinemas foi vendido para o mundo todo na NETFLIX, DO PÓ DA TERRA (2016), doc de Maurício Nahas, PESCADORES DE PÉROLAS (2015), ópera com direção de Fernando Meirelles transmitida ao vivo via satélite do Theatro da Paz para 10 salas de cinema, e ENTRE NÓS (2014), A NOITE DA VIRADA (2014) e ZOOM (2016), estes de produção da O2 Filmes em co-distribuição com a Paris Filmes.

Entre os lançamentos da O2 Play nos cinemas estão o longa-metragem TRAVESSIA, filme com Chico Diaz e Caio Castro, o documentário SEPULTURA ENDURANCE, sobre a banda brasileira de metal, COMEBACK, filme vencedor do prêmio de melhor ator para Nelson Xavier no Festival do Rio 2016 e MALASARTES E O DUELO COM A MORTE, grande produção da O2 Filmes dirigida por Paulo Morelli. Também entram na lista o documentário EXODUS- DE ONDE VIM NÃO EXISTE MAIS, produzido pela O2 e dirigido por Hank Levine e o longa A REPARTIÇÃO DO TEMPO, dirigido por Santiago Dellape. Também distribuiu nos cinemas no segundo semestre de 2018 o premiado documentário SER TÃO VELHO CERRADO dirigido por André D’Elia. Em 2019 no primeiro semestre promoveu o lançamento em formato day and date do filme 45 DIAS SEM VOCÊ do diretor Rafael Gomes. No segundo semestre inicia o programa O2 PLAY DOCS com a exibição de documentários nas principais cidades de todas as regiões brasileiras com sessões em horário nobre.

A O2 Play é pioneira em curadoria mundial no iTunes com a seção FERNANDO MEIRELLES RECOMENDA. Esta a primeira vez que a loja da Apple convidou um agente externo para sugerir filmes (confira em itunes.com/fmeirelles).

A O2 PLAY realiza a distribuição digital e encoding para dezenas de títulos e séries, além de vendas para TV e mercado internacional. Tivemos oito longas escolhidos pela Apple dentre “Os Melhores Filmes do Ano” entre 2014 e 2016.

Agência Lema

Leandro Matulja/ Leticia Zioni

agencialema.com.br/

Deixe seu Comentário! Comentários de leitores ou artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião do G10News