Connect with us

Cinema

DIVERSÃO EM PAUTA: Carregado de clichês, “A Música da Minha Vida” homenageia o trabalho do cantor Bruce Springsteen

Publicado

em

O filme estreia nesta quinta-feira (19) em todos os cinemas do Brasil

Se você é fã do cantor americano Bruce Springsteen, não pode deixar de assistir “A Música da Minha Vida”. O filme estreia nesta quinta-feira (19) em todos os cinemas do Brasil. A trama se passa nos anos 1980, na pequena cidade de Luton, na Inglaterra.

Baseado em uma história real, o drama conta a história do jovem paquistanês Javed Khan, que se mudou para Luton, ainda na infância, junto com sua família. Em meio a turbulências da juventude, Javed, que sonha em ser um escritor, escreve poemas e compõe para a banda de seu melhor amigo Matt. Misturando política, amor e arte, os trabalhos de Javed chamam a atenção da professora Clay, que o incentiva a seguir seu sonho.

As músicas de Bruce aparecem no filme após um colega de classe de Javed comentar sobre o cantor e suas incríveis composições. Quando o jovem escuta Springsteen pela primeira vez, sente uma forte conexão com o cantor e começa a perceber paralelos entre sua vida e as letras marcantes de Bruce.

Porém, saindo de sua fantasia musical, o jovem precisa lidar com seu pai, que ainda é muito ligado às tradições paquistanesas e só se preocupa em trabalhar para sustentar sua família. Além disso, Javed precisa conviver com o racismo diariamente, já que nos anos 80, a prática era potencializada pela Frente Nacional, um grupo de extrema direita que prega a expulsão de imigrantes no Reino Unido.

O longa começa com um ritmo bom e consegue manter o espectador interessado quando conversa sobre a cultura e a vida da família paquistanesa. No entanto, fica cansativo no decorrer da história e não é muito atraente na questão musical, que funciona somente para quem é fã e conhece muito bem o repertório de Bruce Springsteen.

Cinema

Guilherme Cerra se reinventa na quarentena criando um curta metragem

Publicado

em

O jovem talentoso ator e fotográfo Guilherme Cerra, vem ganhando cada vez mais destaque no mercado nacional e faz muito sucesso nas redes sociais com mais de 74 mil seguidores.

Durante essa quarentena, o carioca, de apenas 20 anos, se reinventou criando um curta metragem chamado “A Arte Entre Nós”, sendo ele o único elenco do filme, que retrata a importancia da arte no dia-a-dia e sua função como parte para o autoconhecimento. Na sinopse do filme, conta sobre um adolescente que usa a arte em forma de autoconhecimento e superação no meio da quarentena.

Guilherme, carioca, de apenas 20 anos, iniciou sua carreira em 2015 no teatro municipal de Itaguaí com a professora Renata Miryanova. Em 2017 realizou a sua primeira peça “O auto da Compadecida” também no teatro municipal de Itaguaí, com a direção de Ícaro Ribeiro. Em 2019 realizou uma peça na Escola Estadual Sandra Roldan Barboza com o tema “homofobia nas ruas”, com a direção de João Pedro dos Santos Duarte.

No final de 2019 entrou para o grupo de teatro “Pipa”. Em 2020 realizou um curso na oficina com o diretor e ator Luiz Antônio Rocha, de alta performance para atores em tv e cinema. Além de tudo isso, Guilherme também participou do curso da Tecnica da Ivana chubbuck do livro “O poder do ator”, com direção Bruna Fachetti. Participou do documentário “Quando as Paredes Falam” dirigido pelo ator e cineasta Edson Ferreira, que aborda como a sociedade tem lidado com a quarentena. E fez um curta metragem para um festival em referência a Arte.

Para acompanhar mais sobre Guilherme Cerra basta seguir seu Instagram oficial @guilhermecerra.

Continue Lendo

Cinema

Saiba quais são os filmes mais aguardados dos cinemas em 2020

Publicado

em

Por

O ano de 2020 já promete começar com tudo. Muitas continuações de sucessos de bilheteria e novos e promissores blockbusters estão à caminho usando o que há de mais avançado na tecnologia.

O diretor de arte digital e cinéfilo Fernando Rodrigues de Oliveira, conhecido como Fernando 3D, revela o que podemos esperar: “o ano promete ser um dos mais ativos da indústria do cinema de todos os tempos, mesmo após um 2019 intenso com lançamentos astronômicos como Vingadores: Ultimato”.

Confira as novidades que estão à caminho e as dicas do diretor Fernando 3D:

Janeiro

Frozen 2

Frozen 2 chegará aos cinemas brasileiros no dia 2 de janeiro de 2020. O grande brilho e jóia da coroa da animação na Disney ainda continua sendo Frozen. Com polêmicas ou não, o sucesso de Frozen ainda é enorme. A continuação é muito aguardada principalmente pelo público infanto-juvenil.

Jumanji – Próxima Fase

O filme chega aos cinemas do Brasil dia 16 de janeiro de 2020. A continuação traz de volta o sucesso que foi o primeiro filme. Porém prevejo filme com muito mais efeitos especiais, nada revolucionário, e com lançamento em 3D. Esse é o tipo de filme ‘Sessão da Tarde’ para a criançada.

Dolittle, o Filme

Com Robert Downey Junior no elenco, o filme que estreia em 16 de janeiro de 2020 promete ser um show de efeitos especiais e computação gráfica. Pra quem ama CG ou VFX (como queiram chamar) será um prato cheio.

João e Maria: Caçadores de Bruxas 2

O filme que estreia em 30 de janeiro de 2020 nos cinemas brasileiros traz os famosos irmãos barra-pesada João (Jeremy Renner) e Maria (Gemma Arterton) que se deparam com mais uma aventura perigosa, em que enfrentam novas bruxas e outros seres sobrenaturais que ameaçam o dia a dia das pequenas vilas da região.

Bad Boys Para Sempre

Com estreia prevista para 30 de janeiro de 2020, “Bad Boys Para Sempre” marca o retorno da dupla Martin Lawrence e Will Smith. A dupla explosiva que está há mais de 10 anos sem aparecer nas telonas.

Fernando 3D / Reprodução / MF Press Global

Fevereiro

Sonic the Hedgehog

Para os amantes nostálgicos de games, enfim vai ser lançado também o filme do Sonic. Um clássico dos Games nas telonas do cinema, muito aguardado pelos gamers. O destaque especial vai para além dos efeitos especiais e a computação gráfica, com a atuação de Jim Carrey como Dr. Robotinik (Doctor Eggman).

Inicialmente marcada para 8 de novembro deste ano, a estreia só acontecerá em 13  de fevereiro de 2020 já que o visual de Sonic passou por mudanças depois de reclamações dos fãs após o lançamento do trailer oficial.

Kingsman 3

Um filme para quem gosta de efeitos especiais combinados com lutas mirabolantes e dinâmicas. Vem aí o terceiro filme da franquia Kingsman. Talvez este seja ainda mais sanguinário do que os anteriores. Esse filme promete. A estreia está prevista para 12 de fevereiro na Europa e Estados Unidos mas ainda sem confirmação para o Brasil.

Março

Mulan e G.I. Joe

Em março também tem Mulan e G.I. Joe. Aposto todas as minhas fichas que o maior sucesso do mês de março com certeza vai ser Mulan. O filme não tem nada demais, no entanto o enredo do filme é bem sólido, com bons argumentos, e vão além das artes gráficas, fazendo com que a crítica especializada espere mais de Mulan do que qualquer outra estreia do mesmo mês.

Abril

“007 – Sem Tempo Para Morrer”

Em Abril, teremos novamente, Daniel Graig como 007, o mesmo Daniel Graig que disse que não iria mais fazer o papel. Mas no fim ele tem que agradecer a esse papel, que alavancou sua carreira e o fez muito rico.

Viúva Negra

E em Abril também teremos Marvel. A Viúva Negra irá atacar novamente. A atenção nesse filme é para saber como a Marvel irá se sair com com esse filme, já que a Romanoff, se sacrificou para ter a pedra da Alma e assim completar a manopla e salvar o mundo das garras do “inevitável” Thanos.

Junho
Mulher Maravilha 1984

A sequência do primeiro filme da Mulher-Maravilha será ambientada nos EUA e tratá novamente Gal Gadot como protagonista. A sinopse de Mulher-Maravilha 1984 não foi revelada, então é difícil saber o que esperar em termos de trama. O que foi revelado, no entanto, é que ele será ambientado nos anos 1980 porque a diretora Patty Jenkins quis que o filme se passasse no auge da década.

No novo filme a heroína também aparecerá com um novo uniforme, uma armadura dourada.
A previsão de estreia é 4 de junho de 2020.
Novembro
Godzilla Vs Kong

Os dois monstros gigantes irão se enfrentar, cara a cara. No entanto ainda tenho duvidas se irá emplacar. Não pelos efeitos especiais, mas sim por causa do enredo, que parece não ter nada de novo e o assunto estar esgotado. Aprendemos com Projeto Gemini que não importa a melhor tecnologia que você pode usar no filme. Se o enredo for ruim, ele não tem chances alguma.

O filme, que inicialmente estrearia em março de 2020, teve sua estreia adiada para 20 de novembro de 2020.

Continue Lendo

Cinema

DIVERSÃO EM PAUTA: Repleto de magia e transformações, “Frozen 2” apresenta história madura e emocionante

Publicado

em

Por

Filme chega aos cinemas no dia 2 de janeiro

A aguardada sequência de “Frozen” finalmente está chegando. No segundo filme da franquia, Anna, Elsa, e toda a turma partem para uma nova aventura, desta vez, além das fronteiras de Arendelle. Após ouvir um misterioso chamado que coloca o seu reino em perigo, a Rainha Elsa precisa descobrir uma maneira de salvar a todos. Porém, ela não esperava que, junto a essa missão, viria uma jornada de autoconhecimento.

Com o roteiro fechado e repleto de momentos inesquecíveis, “Frozen 2” consegue se igualar ao primeiro filme e manter o nível de qualidade que encantou tantas crianças. Mas, apesar de seu público dominante ser o infantil, a história que acompanha esta sequência é bem mais madura e detalhista, padrão que vem sendo muito bem utilizado pela Disney em seus últimos filmes para também chamar a atenção de espectadores mais velhos.

Entre todos os arcos narrativos de “Frozen 2”, a origem dos poderes de gelo de Elsa é um destaque importante. A trajetória que leva a protagonista ao passado e desperta seu autoconhecimento é, de longe, a mais necessária e emocionante do filme. Já Anna, Olaf, Kristoff e Sven também ganham seus momentos de destaques, principalmente quando estão todos juntos como uma família. Os personagens se equilibram entre cenas divertidas e comoventes, ao mesmo tempo em que dão apoio à história principal.

Outro ponto alto do filme são as músicas, sempre acompanhadas de ótimas cenas. A nova canção de Elsa, “Minha Intuição”, substituta do sucesso “Livre Estou”, emociona e marca o início do chamado da Rainha. A música, porém, talvez não ganhe a mesma força comercial que a sua antecessora teve no primeiro filme.

Com muita magia, descobertas e transformações, “Frozen 2” chega para reforçar que o verdadeiro poder está no amor, principalmente no que envolve duas irmãs e uma família construída na base da lealdade.

Esta aguardada sequência de “Frozen” chega aos cinemas brasileiros no dia 2 de janeiro.

Continue Lendo

Newsletters

Receba as Notícias do Site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana