Connect with us

Dietas

Dieta recomendada pela OMS reduz risco de câncer e diabetes

Publicado

em

Saiba mais sobre a dieta nórdica, que se se baseia em alimentos tradicionais do norte da Europa.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) tem visto com bons olhos um hábito alimentar adotado no norte da Europa. A dieta, chamada nórdica, ajuda a reduzir o risco de câncer, diabetes e até problemas cardiovasculares. A informação foi publicada recentemente em um relatório feito pelo escritório regional da OMS para a Europa.

Esta dieta, segundo a Organização Mundial da Saúde, proporciona os mesmos benefícios do que a dieta mediterrânea. De acordo com a nutricionista Cristiane Coronel, as duas podem contribuir para a nossa saúde, afinal, elas evitam que a pessoa coma determinados alimentos, como aqueles processados, alimentos que são feitos à base de muita farinha, com substâncias sintéticas, com muito tempero artificial ou que contenham açúcar.

Segundo Cristiane Coronel, a maior diferença observada entre a dieta mediterrânea e a nórdica é que uma usa o óleo de canola e a outra o azeite de oliva.

“A dieta mediterrânea tem um consumo de leite derivados bem sem restrições mesmo, quase que livre. Já a nórdica, os produtos lácteos, são com baixo teor de gordura saturada. Outra coisa interessante é que dieta nórdica se usa o óleo de canola, não como na dieta mediterrânea, que se usa os azeites, né, em geral. Com relação aos peixes, que são todos livres, principalmente os ricos em gordura, como salmão, cavalinha, arenque, todos esses tipos de peixes, né?”, conta.

O grande problema destas dietas é que elas costumam ser bem caras, impossibilitando assim que qualquer cidadão possa fazê-la. Mas de acordo com a nutricionista, é possível adaptá-las com produtos brasileiros. Por exemplo, as frutas mais indicadas para estas duas dietas são as frutas vermelhas. Então, podemos adaptá-las com as frutas do Brasil, tanto com as frutas vermelhas, como as frutas roxas, que também são ricas em oxidantes. Um bom exemplo é o açaí, que é cheio de nutrientes. Além disso, a pessoa pode usar e abusar dos legumes, verduras, fibras e cereais.

Leia também:  Polícia dá como provada fraude no jogo que colocou o Valencia na Champions

“Como também o consumo de fibras e cereais dessa dieta é bem livre, como aveia, centeio, cevada, ajuda bastante na saciedade e na diminuição de compulsões alimentares, né, vontade de comer doce. Então é uma grande vantagem dessa dieta. Então, algumas pessoas já estão procurando, já estão fazendo, pelo menos a base da dieta em si, com adequações, com cálculo da dieta bem individualizado, porque é necessário a gente fazer uma avaliação nutricional previamente”, enfatizou.

De acordo cm a endocrinologista da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, Andressa Heimbecher, o ideal é que pessoas optassem por comer mais produtos orgânicos.

“O que a gente pode trazer da dieta nórdica para a nossa realidade é que é uma dieta que eles falam que a gente tem que cozinhar mais em casa e usar menos industrializado. Então, pode ser que você não tenha lá, porque assim, eles falam, por exemplo, frutas vermelhas: amoras, mirtilo. Isso é muito caro, mas a gente tem morango aqui. Então, se a gente usar, por exemplo, um morango orgânico, procurar ingredientes orgânicos, ingredientes com poucos aditivos químicos, a gente vai conseguir ter os benefícios, sem necessariamente ter um gasto tão grande, nem precisar morar no norte da Europa, né?”, disse.

E caso você queira seguir o caminho de uma alimentação menos baseada em produtos processados, o Ministério da Saúde disponibiliza o Guia Alimentar para a população brasileira. A publicação apresenta 10 passos simples para uma alimentação saudável, além de oferecer sugestões de refeições que respeitam as diferenças regionais e que indicam comidas e bebidas de fácil acesso para os brasileiros.

Então, vamos lá às dez recomendações do guia: prefira sempre alimentos in natura ou minimamente processados; utilize óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades; limite o consumo de alimentos processados; evite alimentos ultraprocessados, que são aqueles que sofrem muitas alterações em seu preparo e contêm ingredientes que você não conhece; coma regularmente e com atenção, prefira alimentar-se em lugares tranquilos e limpos e na companhia de outras pessoas; faça suas compras em locais que tenham uma grande variedade de alimentos in natura, e quando possível, prefira os alimentos orgânicos e agroecológicos; desenvolva suas habilidades culinárias, coloque a mão na massa, aprenda e compartilhe receitas; planeje seu tempo e distribua as responsabilidades com a alimentação na sua casa; ao comer fora, prefira locais que façam a comida na hora; e seja crítico, afinal existem muitos mitos e publicidade enganosa em torno da alimentação. Avalie as informações que chegam até você e aconselhe seus amigos e familiares a fazerem o mesmo.

Leia também:  Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio de R$ 21,5 milhões

Continue Lendo
Patrocinado
Clique para comentar

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dietas

Confira nove dicas para desintoxicar o corpo

Publicado

em

Por

Com as férias chegando ao fim para algumas pessoas, está na hora de voltar à rotina. E isso envolve desde retornar ao trabalho a colocar em prática as resoluções feitas na virada do ano. Para entrar no ritmo, que tal começar por uma alimentação mais natural?

A prática pode dar mais energia e revitalizar o seu corpo. Se você pensa em fazer um detox, a nutricionista Renata Guirau, do Oba Hortifurti, e a chef Fábia Tavarnaro, parceira do aplicativo Apptit, dão dicas para ajudar a desintoxicar o corpo.

1. Água e mais água

Muitas vezes, subir na balança depois das férias é sinônimo de susto, devido aos exageros e delícias que se costuma incluir no período de descanso. Porém, é importante lembrar que parte dos quilos somados nem sempre significam que você realmente engordou, mas que o seu corpo está retendo líquido. Para se livrar disso, em vez de abusar dos sucos verdes, opte por algo ainda mais natural: a água. “Ingerir pelo menos três litros ao dia ajuda a eliminar excesso de líquidos e a evitar retenção hídrica, tão comum no calor ou após momentos de excesso de ingestão calórica ou de bebidas alcoólicas”, indica Renata.

2. Chás

Os diferentes benefícios dos chás podem dar aquela forcinha. Neste período opte pelas ervas diuréticas como alecrim, dente de leão, gengibre e chá-verde. De acordo com Fábia, eles também podem ajudar o fígado a se recuperar, após ter sofrido um pouco com a ingestão de álcool e gorduras. Ela afirma que o órgão pode demorar até três dias para se livrar das bebidas. “Entretanto, não deve substituir o consumo de água”, relembra a nutricionista.

3. Frutas antioxidantes

Leia também:  Duelo de MCs movimenta a cena hip hop no país até dezembro

Existem frutas que colaboram no combate a inflamações do organismo, que também podem estar ligadas ao inchaço. “Abacaxi, mamão, maçã, pera, ameixa e pêssego são ótimas opções, pois possuem enzimas que facilitam a digestão de outros alimentos, além de conter fibras, que aumentam a sensação de saciedade”, afirma a chef. Já Renata, chama atenção para os vegetais que são ricos em minerais, como magnésio e potássio, e em vitamina C, os quais ajudam na produção de colágeno, que pode favorecer a saúde da pele e reduzir a aparência de celulites – quadro que aumenta quando o corpo sofre com a retenção de líquido.

4. Vá de saladas

Aproveite o calor para abusar das saladas de folhas, que também são ricas em antioxidantes. Porém, se você não é fã das hortaliças cruas, opte por cozinhar os legumes ou batê-los em forma de sucos. “Quem optar pelos sucos, uma dica fundamental é não coá-los, para não perder as fibras dos alimentos, que oferecem mais saciedade”, sugere a nutricionista.

5. O glúten e a lactose

Se você não é celíaco ou não tem intolerância, o glúten e a lactose podem não fazer mal. Porém, quando em exagero, eles podem ser contrários ao processo de detox. “O problema é que muitos alimentos que contém glúten e lactose podem não ser bem-vindos, principalmente se em grande quantidade, em estratégias de emagrecimento, como biscoitos, lácteos açucarados e doces em geral”, afirma Renata. Para substituí-los, Fábia indica mandioca, cará, inhame, arroz negro ou integral e farinhas não refinadas.

6. Industrializados e lanchinhos

Hoje em dia, existem muitos produtos industrializados de boa qualidade. Porém, é imprescindível ficar atento aos rótulos, uma vez que estes possuem muito sódio, que atua contra o processo de detox, conservantes, corantes e adoçantes artificiais. Se você quer fazer um lanchinho, a chef indica fugir dos pacotinhos e dar preferência às frutas e oleaginosas. Esses pequenos lanches são importantes para evitar refeições muito calóricas e grandes, além de, possivelmente, até abrir espaço para compulsões por alguns alimentos.

Leia também:  Lucro do FGTS vai engordar saldo do trabalhador

7. Alimentos crus ou cozidos?

O cozimento de legumes é válido, mais lembre que os vegetais crus, geralmente, têm mais nutrientes. “Os alimentos crus de um modo geral preservam mais seus nutrientes, como vitaminas, minerais, fitoquímica e fibras, quando comparados com os alimentos cozidos. Mas isso não significa que os cozidos e refogados não sejam importantes – muito pelo contrário!”, afima Renata. Por isso, não é preciso forçar-se a comer algo de que não gosta. “Gosto de pensar que a estratégia detox se trata mais de retirar alimentos ruins ao corpo (como os ultraprocessados) e beber bastante água, do que incluir obrigatoriamente algum alimento em especial no cardápio”, completa.

8. Organize-se

Se você tende a justificar as fugas da dieta com a falta de tempo, a dica é se organizar ao máximo para não acabar atacando qualquer coisa na geladeira ou na rua. “Preparar os vegetais para a semana pode ajudar muito no consumo desse grupo de alimentos. Deixe tudo lavado e cortado para apenas finalizar o preparo no dia a dia”, aconselha a nutricionista.

9. Atenção plena

Muitas vezes, comemos muito rápido e sem prestar atenção, o que pode atrapalhar as sensações de saciedade. “Mantenha atenção aos momentos das refeições, evitando celulares, computadores e outras distrações na hora de comer”, aconselha Renata.

O Sul

Continue Lendo

Dietas

Digital influencer de Brasília relata como perdeu 7kg com dieta saudável

Publicado

em

Por

O youtuber Eldo Gomes perdeu 7kg, em duas semanas, seguindo à risca a dieta do Dr. Eduardo Castanho, médico ortomolecular de Brasília, que é especialista em emagrecimento

Local: Brasília, DF

Data: 05/12/2019

Em novo vídeo em seu canal do YouTube, o digital influencer de Brasília e criador de vídeos, Eldo Gomes, detalha como perdeu 7kg com a dieta HCG, através de acompanhamento médico de um especialista ortomolecular na capital.

O bate-papo, em 7 minutos, detalha sua experiência com o tratamento que o auxiliou na busca por uma vida mais saudável e por uma qualidade de vida maior.

Saúde e emagrecimento, em suma, sempre estiveram no conteúdo do canal do !link digital influencer
de Brasília https://www.instagram.com/eldogomes/ Eldo Gomes, que já está no mundo do YouTube há alguns anos.

“Dieta não é algo fácil. E emagrecer é superar a nós mesmos dia a dia. Meu Deus, nunca foi tão difícil e quanto mais o tempo passa, mais complicado fica”, conta Eldo, com risadas, detalhando os desafios de seguir um protocolo de emagrecimento.

Para tratar a obesidade ou qualquer sobrepeso é sempre recomendado o máximo de acompanhamento médico. Confira o conteúdo sobre este tema na íntegra no canal do youtuber Eldo Gomes , que deixa conta detalhes do seu tratamento.

Para mais informações, basta acompanhar o influencer no YouTube ou também em sua conta do Instagram, onde costuma mostrar os bastidores de seu trabalho.

Website: https://eldogomes.com.br/como-emagreci-7kg-com-a-dieta-hcg-em-14-dias/

Continue Lendo

Ciência & Saúde

Paulo Gelatti ensina como emagrecer saudável com método revolucionário

Publicado

em

Por

Com a chegada do verão, muitas pessoas procuram por métodos rápidos e principalmente fáceis, para ter o corpo em dia e poder se sentir bem nas praias, clubes e até com as roupas mais curtas.

Pensando nisso, o Paulo Gelatti, consultor técnico e coordenador da Clínica Good Vibe, foi em busca de um método revolucionário de emagrecimento, trazendo um conceito completamente novo sobre perda de peso, que une a estética à medicina.

Paulo que atende inclusive muitos famosos da mídia, conta um pouco dos procedimentos que ele realiza aos pacientes que chegam na Clínica Good Vibe, em busca de uma consulta de emagrecimento.

Se você está buscando emagrecer, deve saber de uma coisa: há uma grande diferença entre perder peso e gordura, pois ao perder peso, você pode estar perdendo também massa muscular e água.

A Good Vibe vai te guiar pelo caminho certo para perder a gordura e ganhar massa magra. Um caminho que vai te levar à total transformação corporal, podendo contar também com a nossa ajuda para a definição muscular, caso seja seu foco.

Para tal, utilizamos uma série de tecnologias que irão ajudar tanto a definir qual será o melhor plano para você atingir seus objetivos, quanto na eficácia do processo em si.

Para nós, cada cliente é único. Encontramos onde está exatamente o seu problema, e traçamos um plano específico para você, respeitando o seu corpo. Unimos a estética à medicina, contando com uma equipe multidisciplinar composta por médico e fisiologista, justamente para fazer desse processo um caminho seguro para se atingir o resultado sonhado.

A Good Vibe está ajudando milhares de clientes com o método revolucionário de emagrecimento saudável. Se você sofre com diversas tentativas frustradas de perder a gordura que tanto incomoda, busque a Good Vibe para resolver seu problema de vez!

Leia também:  Quer fazer um detox corporal e livrar o organismo das toxinas? Conheça a terapia que elimina impurezas

Situado em uma região nobre da capital paulistana, a Clínica Good Vibe, fica na Avenida Nove de Julho, 3452 – 1º andar – Jardins, São Paulo, e atende de segunda à sexta das 10 às 19 horas.

Maiores Informações, acesse o Instagram @goodvibebrasil

Continue Lendo

Newsletters

Receba as Notícias do Site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana