Em votação o projeto que extingue aposentadoria especial de R$ 25,3 mil dos deputados gaúchos

0
43
Proposta pode ser votada na Comissão de Constituição e Justiça. (Foto: Divulgação)

O projeto que extingue a aposentadoria especial dos deputados estaduais gaúchos poderá dar mais um passo hoje. A Comissão de Constituição e Justiça incluiu na pauta, e poderá votar nesta terça-feira, o parecer do deputado Elton Weber, PSB, favorável à proposta. A autora, deputada Any Ortiz, do PPS, acaba com a possibilidade de deputados estaduais com 35 anos de mandato e 60 anos de idade, poderem se aposentar com remuneração integral, atualmente de R$ 25,3 mil.

Piso regional elevado vira tiro no pé do trabalhador

Por conta do piso regional superior ao salário mínimo, trabalhadores de baixa renda deixarão de receber o abono salarial, que funciona como um 14º salário. O benefício é pago pelo governo federal. O texto da reforma da Previdência define que o critério da renda mensal para receber o abono, será alterado para um salário mínimo. Ide o piso superar o salário mínimo, o abono não será pago.

Projeto de Rodrigo Lorenzoni aposta na boa fé dos empreendedores

É do deputado estadual Rodrigo Lorenzoni a proposta protocolada ontem na Assembleia Legislativa, criando a Declaração Estadual de Direitos de Liberdade Econômica. O projeto, segundo Lorenzoni, “quer estabelecer garantias de livre mercado no âmbito do Rio Grande do Sul e adequar a legislação gaúcha ao modelo de desburocratização e simplificação das relações entre empreendedores e o Estado, adequando os órgãos estaduais aos parâmetros estabelecidos pela MP da Liberdade Econômica, estabelecida pelo governo federal.” O dado mais importante do projeto: a presunção de boa fé do cidadão, ao prestar informações na abertura de uma empresa.

Campeões de diárias I

Um estudo coordenado pelo procurador do Ministério Publico no Tribunal de Contas do Estado, Geraldo da Camino, apontou os gastos de prefeituras e Câmaras de Vereadores em 2018, em diversos itens. Dentre tantas aberrações, duas saltam aos olhos: os vereadores da Câmara de Bom Jesus Bom Jesus ganharam medalha de ouro, gastando em diárias R$ 382,1 mil, o equivalente a 19% do orçamento do ano passado.

Leia também:  Avião de pequeno porte cai e deixa um morto em Belo Horizonte

Campeões de diárias II

No executivo, a prefeitura de Pedras Altas ficou com a medalha de ouro: gastou em 2018, um total R$ 198 mil em diárias, o que dá um custo de impressionantes R$ 98,58 por habitante.

Fonte: O Sul

Mais Notícias

Bolsonaro diz que não nomeará “condenados por corr... No Twitter, presidente eleito falou sobre escolha de sua equipe O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) disse hoje (31), em sua conta do Twitter, qu...
EUA tomará medidas adicionais contra os responsáve... Segundo fontes do Washington Post, a CIA concluiu que o príncipe herdeiro saudita ordenou pessoalmente a morte do jornalista Jamal Khashoggi. O por...
acidente com morte em Rosário do Sul/RS Na BR-290/RS, km 486, em Rosário do Sul/RS, na BR 290, km 486, em 13/07/2018 às 18:30, ocorreu uma interdição total, sem pervisão de liberação, sem de...
Miss Bumbum México vai lutar com todas as armas pe... Sheyla Mell ostenta o título de Miss Bumbum México desde 2015, o que lhe rendeu a capa da revista Sexy naquele mesmo ano. Em julho acontecerá no Méxic...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui