InícioSaúdeCom o Programa Assistir, hospital de Sananduva tem acréscimo de cerca de...

Com o Programa Assistir, hospital de Sananduva tem acréscimo de cerca de 40% nos incentivos mensais

A secretária da Saúde, Arita Bergmann, recebeu, nesta quarta-feira, (6), dirigentes do hospital Beneficente São João, de Sananduva, que passa a contar com um acréscimo de cerca de 40% nos incentivos estaduais do Programa Assistir. Com aumento dos recursos, o valor passa de R$ 180 mil para R$ 250 mil mensais, aproximadamente.

 

A instituição também será beneficiada com R$ 1,3 milhão do Avançar na Saúde das Pessoas, para a implementação de 10 leitos na nova ala de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto para atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e para ampliação da oferta de cirurgias de traumatologia e urologia.

“Nosso objetivo é fortalecer os hospitais que são suporte e referência no Estado para a alta complexidade, cirurgias eletivas e também para a ampliação dos atendimentos”, afirmou a secretária Arita.

 

O diretor administrativo do hospital São João, Tiago Antonietti, disse que “o Programa Assistir foi muito bem aceito do ponto de vista de gestão porque incentiva quem realmente produz e dá resultado na assistência hospitalar”. Para ele, “esses novos investimentos estaduais farão as instituições hospitalares avançarem num modelo assistencial mais qualificado”.

 

A diretora do Departamento de Gestão e Atenção Especializada (DGAE), Lisiane Fagundes, destacou que o impacto do Programa Assistir será visto com a entrada dos recursos. “Em nível ambulatorial, como em traumatologia, o hospital São João já atendia, porém não recebia recursos e agora a Secretaria da Saúde passa a reconhecer este trabalho e amplia os incentivos”.

Sananduva faz parte da 6ª Coordenaria Regional de Saúde (CRS), localizada na Região Norte do Rio Grande do Sul. Também participaram da reunião a diretora técnica do hospital, Elaine Roxo, e o coordenador da 6ª regional de Saúde, Marcelo Martins Pacheco.

 

O que é o Assistir?

É um programa lançado no início de agosto pelo governo do Estado para redistribuir, com mais justiça e transparência, incentivos aos hospitais que prestam serviços pelo Serviço Único de Saúde (SUS) no Rio Grande do Sul.

O que são incentivos hospitalares?

 

São recursos que o Estado repassa aos hospitais como suplemento às verbas federais, para o fomento de ações e serviços de saúde realizados no âmbito do SUS, condicionados ao cumprimento dos requisitos técnicos estabelecidos em portaria estadual com foco no atendimento do cidadão gaúcho.

Por que alterar a forma de repasses?

Porque não havia critérios claros e objetivos para a distribuição dos recursos aos hospitais. Enquanto alguns recebiam muito e entregavam pouco em forma de serviço à população, outros recebiam pouco e entregavam mais. A distorção precisava ser corrigida.

 

E por que agora?

O projeto estava sendo discutido desde o início desta gestão (maio de 2019). Era um pleito da federação dos hospitais e de outras entidades e irá qualificar e ampliar a oferta de serviços públicos em diversas regiões do Estado.

Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui
Gostou desta notícias? Compartilhe nos botões abaixo!
LEIA TAMBÉM

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidade

Mais lidas

Covid-19: 70% dos infectados podem ter sequelas até um ano após alta hospitalar, diz estudo

Ministério da Saúde oferece curso de reabilitação do paciente com condições pós-Covid Em recuperação da Covid-19 desde setembro de 2020, José Carlos de Araújo sentiu...

Nesta quarta-feira (20) a chuva perde força na maior parte da Região Sul. Apenas no leste de Santa Catarina e do Paraná é que...

Programa TEAcolhe terá centros de macrorreferência em Santa Maria e Canoas

Os municípios de Santa Maria e Canoas tiveram suas propostas habilitadas pelo Edital de Seleção do programa TEAcolhe para se constituírem como sedes dos...
Publicidade

Assine a nossa newsletter

As principais notícias do Portal G10News diretamente em seu e-mail: