Connect with us

Esporte

Com estreia como profissional na memória, Nuno projeta reencontro com a Chape: “Ótimas lembranças”

Publicado

em

Foto Anexada: Carlos Insaurriaga/GE Brasilda: Carlos Insaurriaga/GE Brasil
Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui

Zagueiro do GE Brasil, Nuno deve reencontrar o adversário da sua estreia como profissional. No próximo sábado (3), o Xavante enfrenta a Chapecoense, pela Série B.

Foi diante da Chape que Nuno fez o seu primeiro jogo no time principal do Avaí, em partida do Campeonato Catarinense de 2019. Na oportunidade, o Leão da Ilha venceu o Verdão do Oeste na Arena Condá, por 2 a 1 — com o gol da vitória anotado pelo defensor.

“O reencontro com a chape me traz ótimas lembranças. Foi um jogo que marcou a minha carreira. Primeiramente, pela estreia como profissional, mas também porque eu estava há três anos sem jogar uma partida oficial, por conta de duas lesões que tive. Poder voltar a fazer o que amo, estrear profissionalmente e ainda marcar o gol da vitória, fez aquele dia ser muito especial”, ressaltou o atleta, de 22 anos.

Emprestado pelo Avaí, Nuno chegou ao GE Brasil no final de agosto. Há pouco mais de um mês no Xavante, o zagueiro valoriza a rápida adaptação ao novo clube.

“A adaptação tem sido muito boa. Fui acolhido por todos no clube, tanto pela comissão técnica quanto pelo grupo de jogadores. O nosso time está numa crescente dentro da Série B e creio que vamos evoluir ainda mais no decorrer do campeonato”, finalizou.

GE Brasil e Chapecoense se enfrentam no sábado, às 16h30, no estádio Bento Freitas. O confronto é válido pela 13ª rodada da Série B.

Continue Lendo
Patrocinado
Clique para comentar

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte Internacional

Artilheiro do East Riffa, Luiz Fernando avalia mais uma temporada no Bahrein

Publicado

em

Por

Foto Anexada: Divulgação/East Riffa
Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui

Foram dezoito rodadas e uma pandemia sem precedentes no meio do caminho. A temporada de futebol no Bahrein chegou ao fim na última semana com o título do Al-Hidd sendo definido na última partida.

Satisfeito com o seu desempenho pessoal, o meia brasileiro Luiz Fernando, do East Riffa, avaliou de forma positiva mais uma temporada no país asiático. “Foi um ano diferente, com paralisações, incertezas e todos os problemas que tivemos que enfrentar em função da pandemia do novo coronavírus. Nossa equipe acabou na quinta colocação e acredito que poderíamos ter ficado numa posição melhor se não fossem todas as dificuldades que enfrentamos. Individualmente acredito que fiz uma boa temporada ficando na artilharia da equipe com nove gols”, avaliou o brasileiro.

Aos 32 anos, Luiz Fernando ainda não pensa em retornar para o Brasil. Com mais um ano de contrato, o meia quer tentar marcar seu nome na história do East Riffa com um título importante. “Vamos trabalhar para que na próxima temporada a gente tenha um melhor desempenho. Quando aceitei o desafio de voltar para o exterior foi para fazer história e a gente só marca nosso nome para sempre, conquistando títulos”, finalizou o jogador.

A próxima temporada está programada para ter início no final de novembro com a primeira fase da Copa do Rei. Já no dia 02 de dezembro deve ser realizada a primeira rodada da Liga do Bahrein.

Continue Lendo

Placar

Resenha com Zico e 50 jogos pelo Consadole Sapporo, Anderson Lopes vive momento especial no Japão

Publicado

em

Por

Fotos: Divulgação/AV Assessoria e J-League
Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui

Na última rodada do Campeonato Japonês, o Consadole Sapporo superou o Kashima Antlers por 1×0. Após a partida dois brasileiros tiveram a oportunidade de se encontrar. Pelo lado do Consadole, o atacante Anderson Lopes, ex-Avaí e Athletico Paranaense. Já pelo Kashima Antlers, o dirigente do clube, Zico.

Anderson Lopes e Zico já haviam conversado na temporada passada. O atacante de 27 anos recém tinha marcado quatro gols num jogo diante do Shimizu e ao comemorar um dos gols caiu no foço do estádio. “O Zico é uma figura muito humilde e brincalhão. No ano passado, nosso jogo contra o Kashima Antlers foi o seguinte aquele que eu tinha marcado quatro gols diante do Shimizu. Ele me parabenizou pelos gols, mas pegou no meu pé falando para eu não me jogar mais no poço. Ele tem muita moral aqui no Japão e sempre faz questão de ser muito atencioso com os brasileiros que jogam aqui. É um cara show de bola”, relatou Anderson Lopes.

O encontro com Zico não foi o único fato importante para Anderson Lopes. Diante do Kashima Anterls, o atacante chegou a marca de 50 jogos pelo Consadole Sapporo. Ele já marcou 21 gols e deu três assistências pelo clube japonês. “Estou no clube desde o ano passado e logo na chegada já fui bem recebido por todos. Estou muito feliz no Consadole e espero prolongar bastante o meu número de jogos por aqui. É motivo de orgulho chegar aos 50 jogos, porém, quero fazer uma história ainda maior por aqui”, destacou o brasileiro que desde 2016 atua no futebol asiático.

Em 14º lugar da J-League (Campeonato Japonês), o Consadole Sapporo volta a campo neste sábado diante do Yokohama Marinos, que está uma posição acima na tabela de classificação. Anderson Lopes conhece bem o rival, inclusive, marcou um gol no último encontro entre as equipes. “Será um confronto direto, jogo difícil e eles estão crescendo na competição. Mas, jogaremos em casa e não poderemos dar mole. Temos que nos impor para sairmos com a vitória e ultrapassarmos o Yokohama na tabela de classificação. Marquei um gol no último jogo contra eles e espero ser abençoado novamente”, finalizou.

Leia também:  Programa entrega casas populares no RS

Continue Lendo

Esporte Internacional

Na Espanha, Augusto Galvan reencontra adversário da sua estreia como profissional: “Boas lembranças”

Publicado

em

Por

Foto Anexada: Divulgação/Las Rozas CF
Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui

Navalcarnero e Las Rozas se enfrentam neste domingo (25), às 12h30 (horário de Brasília), em duelo da Segunda B do Campeonato Espanhol. Emprestado pelo Real Madrid ao Las Rozas, o meia Augusto Galvan irá reencontrar o seu primeiro adversário como profissional. Foi diante do Naval que o brasileiro estreou pela equipe B dos merengues, em 2018.

“O Navalcarnero é um adversário que me traz boas lembranças. Cheguei ao Real Madrid em 2017 e, após um período nos times de base, tive a primeira oportunidade pela equipe B e pude estrear como profissional. Lembro que vencemos aquele jogo por 2 a 0 e espero que seja assim novamente neste final de semana”, contou o jovem atleta, de 21 anos.

Anunciado pelo Las Rozas no início deste mês, Galvan se diz adaptado ao novo clube, onde é comandado por Iván Helguera — ex-defensor que fez mais de 300 jogos pelo Real Madrid. Na última quinta-feira (22), o brasileiro atuou na vitória por 3 a 1 sobre o Tenisca, que classificou a sua equipe para as quartas de final da Copa Federación.

“Tem sido um período de muito aprendizado e já me sinto totalmente adaptado aqui no Las Rozas. Creio que estar na Espanha há algum tempo tenha facilitado. Quero aproveitar esta experiência ao máximo e espero ajudar o clube a alcançar os seus objetivos. Conseguimos uma classificação importante durante a semana, agora vamos voltar todas as atenções para a partida com o Navalcarnero”, finalizou.

Foto Anexada: Divulgação/Las Rozas CF

Continue Lendo

Newsletters

Receba as Notícias do Site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana