Com dois gols de André, Grêmio domina Libertad e está classificado na Libertadores

0
199
Grêmio marcou 3 vezes e se classificou. (Fotos: Lucas Uebel/ Reprodução site Grêmio FBPA)

Tornando-se o primeiro brasileiro a chegar na marca de 100 vitórias na história da Libertadores, o Grêmio confirmou o favoritismo no Paraguai. Ganhando do Libertad por 3 a 0, garantiu a vaga para as quartas de final da competição. Só na primeira etapa, foram 3 gols: Jean Pyerre e André, duas vezes, marcaram. No segundo tempo, o tricolor só administrou o placar.

Na escalação da equipe, não houve surpresas. Renato Portaluppi colocou em campo o time que vinha sendo especulado durante a semana, com André e David Braz.

Mesmo podendo perder por até um gol de diferença, foi o tricolor que começou atacando. As primeiras tentativas já aconteceram logo nos primeiros minutos. E, aos quatro, o Grêmio teve um pênalti ao seu favor. Após chute de Everton, Píris colocou a mão na bola e o árbitro marcou a penalidade máxima. Jean Pyerre bateu e marcou. Grêmio 1, Libertad 0.

Com isso, era tudo ou nada para o Libertad, que tentava uma pressão. Aos oito minutos, Paulo Victor fez um milagre! Após escanteio, Tacuara Cardozo ganhou por cima e cabeceou. O goleiro gremista fez uma grande defesa.

Mas o Grêmio não tirou o pé do freio, ao contrário, marcou mais um. Dessa vez, aos 19 minutos, foi ele, André. Após assistência de Everton, o atacante chutou no canto direito de Martín Silva. Para acabar com o jejum!

No final da primeira etapa, o Libertad levou uma sequência de perigo à defesa tricolor. Aos 40 minutos, Cáceres cruzou na cabeça de Adrúian Martínez, mas Paulo Víctor faz mais um milagre. Logo depois, mais uma defesa do goleiro gremista: Tacuara recebeu na entrada da área e mandou de primeira.

O árbitro levantou a placa dos acréscimos, mas ainda dava tempo para o Grêmio fazer mais! Novamente ele: André. Após Alisson dividir com o zagueiro, a bola bateu em Jean Pyerre e sobrou para o artilheiro da noite, que se livrou de Martín. Grêmio 3, Libertad 0.

Renato iniciou o segundo tempo modificando seu time: Tirou Maicon para colocar Thaciano. O Grêmio, mesmo com o resultado, não se manteve apenas na defesa, em algumas oportunidades, chegava ao ataque. Já o Libertad também não desistiu e continuava tentando. Por vezes, fez Paulo Victor trabalhar, mas não ofereceu grande perigo.

Em mais uma alteração, Renato colocou Tardelli no lugar de Everton. Sem muitas movimentações na partida, ele fez mais uma troca. Tirou o homem da noite, André, para colocar Luan. O tricolor apenas administrou a vitória e a classificação. Agora torcedor… aguenta, coração! O Grêmio vai encarar o Palmeiras nas quartas de final da Copa Libertadores da América.

Porém, antes, tem outros campeonatos pela frente. O próximo jogo é contra a Chapecoense, segunda-feira (5), às 20h, na Arena do Grêmio, pelo Brasileirão.

Fonte: O Sul

Deixe seu Comentário! Comentários de leitores ou artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião do G10News