Connect with us

Sem categoria

CEF informa profusão de pagamentos para central relacionada a Sky

Publicado

em

CEF informa profusão de pagamentos para central relacionada a Sky
Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui

A CEF – Caixa Econômica Federal informou ao CNJ – Conselho Nacional de Justiça, nos autos do pedido de providências número 0005169.94.2020.2.00.0000, que foram estabelecidos os seguintes valores pagos à CRI – Central de Registro de Imóveis do Rio Grande do Sul: “[…] CLÁUSULA QUINTA – DOS PREÇOS E SUA REPACTUAÇÃO. Pela perfeita prestação dos serviços, objeto deste contrato, e obedecidas as demais condições estipuladas neste instrumento, a CAIXA pagará à CONTRATADA o preço de R$ 65,00 (sessenta e cinco reais) por cada requerimento de execução – intimação/consolidação de propriedade -, envolvendo todas as fases necessárias ao processo e independentemente da quantidade de devedores/fiduciantes; o preço de R$ 5,00 (cinco reais) pelos serviços de Busca Eletrônica sobre o imóvel ou pessoa, sem o fornecimento de certidão e o preço de R$ 12,50 (doze reais e cinquenta centavos) por solicitação/pedido de emissão de Certidão Eletrônica”. Quando se juntam todos esses valores para chegar a um preço final, no mínimo se chega a R$82,50. Qual o máximo que se chega? A reportagem não encontrou respostas.

Segundo a Rede Pelicano de Direitos Humanos, no combate a corrupção institucionalizada, o Provimento n. 33 de 2018, editado pela Desembargadora Denise Oliveira Cezar, do TJRS, na época Corregedora de Justiça, criou tributos via ato administrativo, em total afronta ao art. 150, inciso I, da CRFB. O ato normativo previa o valor de R$ 13,10, de custos administrativos e das despesas que poderiam ser cobradas pela CRI/RS e não o valor de R$ 65,00 associados a diversos outros valores, todos sem nenhuma previsão legal. Ou seja, tal constatação agrava ainda mais a série de reportagens que nossa equipe investigativa está realizando. Seria esse fato uma espécie de “salvo conduto”? Seria algo relacionado a monopólio e a maximização de lucros? Esperamos que em breve essas perguntas sejam respondidas de modo satisfatório e que as pessoas não sejam lesadas.

Leia também:  Conheça Nicole Pinheiro: referência em moda e estilo na internet que valoriza a autenticidade

Por questões óbvias, sem precisar de nenhum perito, a reportagem calculou que o valor previsto pela CRI no ato administrativo, sem previsão legal, era de R$ 13,10. O valor que a CEF afirma em manifestação para pagamento da CRI-RS foi de R$ 65,00. Nessa quantia temos o valor de diferença de R$ 51,90. Só que juntando os valores informados pela CEF chega-se no mínimo a R$82,50. Assim, a diferença aumenta ainda mais. E quando se imagina a realidade de todo um Estado como o Rio Grande do Sul, e as transações da CEF, já se percebe a movimentação financeira gigantesca.

A pergunta que não quer calar: onde está esse dinheiro? Ou melhor, para onde ele foi? O que a empresa privada no formato de sociedade limitada Sky Informática tem a ver com isso? Que relatórios ela pode nos informar para sabermos minimamente quantos foram esses valores e demandas?

Importante destacar que a Justiça Federal é competente para o julgamento das causas nas quais figura como parte a Caixa Econômica Federal, empresa pública federal (art. 109, I, da CF).

“Não se sabe qual o instrumento legal ou normativo que estipulou os valores dos tributos pagos pela Caixa Econômica Federal à Central de Registro de Imóveis do Rio Grande do Sul”, destaca a magnânima Rede Pelicano na tutela de direitos de usuários de serviços públicos que se vêem obrigados a pagar uma taxa pública de modo compulsório e até onde a reportagem apurou sem nenhuma forma de controle pelo Tribunal de Contas ou demais órgãos.

Chamou atenção da reportagem que em 5 de dezembro de 2018 representantes da Comissão da CRI-RS reúnem-se com Caixa Econômica Federal e Caixa Imóveis. Como afirma a assessoria de imprensa respectiva: “Estiveram presentes o presidente do Colégio Registral do RS, João Pedro Lamana Paiva, o presidente do IRIRGS, Cláudio Nunes Grecco, o diretor de Informática e Ensino do Colégio Registral do RS, Paulo Ricardo de Ávila, o tabelião de notas de Ivoti, Adriano Damásio (on-line), o representante da empresa Sky Informática (empresa desenvolvedora da CRI-RS), Fabrício Muller (on-line), gerente nacional da Caixa Imóveis, Luis Henrique Silva, o gerente de negócios do Portal Integrado da Caixa Imóveis, Lincoln Silva, a coordenadora da filial de Porto Alegre da CEF, Andrea Hastenteufel, a assistente da filial de Porto Alegre da CEF, Eliani Matos Santos, e o escriturário da filial de Porto Alegre da CEF, Humberto Chaves” (https://www.colegioregistralrs.org.br/noticias/representantes-da-comissao-da-cri-rs-reunem-se-com-caixa-economica-federal-e-caixa-imoveis/ )

Leia também:  The Legend of Zelda: Breath of the Wild gameplay on the Nintendo Switch

Pelos dados da Junta Comercial, facilmente obtidos na internet, a empresa de razão social Sky Informatica Ltda – Sky, CNPJ número: 93.947.281/0001-75, encontra-se com a situação cadastral ATIVA. Ela tem capital social não significativo para a vultuosidade de centrais, plataformas e modos que atua e natureza jurídica de Sociedade Empresária Limitada, do tipo MATRIZ. Sua atividade econômica principal é o desenvolvimento e licenciamento de programas de computador não-customizáveis. Suas atividades secundárias: Comércio varejista especializado de equipamentos e suprimentos de informática; Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis; Consultoria em tecnologia da informação.

É visível a incompatibilidade desse formato societário com a prestação de serviços públicos. A pergunta que nossa reportagem investigativa faz é: como uma empresa privada no formato societário de sociedade limitada, com integralização de capital com menos de um milhão, guarda, gerencia e responde por dados que facilmente se relacionam com situações patrimoniais que ultrapassam bilhões? Essa pergunta ficou em aberto até o fechamento dessa edição. A reportagem entrou em contato com a Sky Informática, mas a mesma não quis se manifestar.

A manifestação da Caixa Econômica Federal junto ao Conselho Nacional de Justiça pode ser baixada do seguinte link: https://drive.google.com/file/d/1pVcPmbkCKWACkBQ2rn_YXz833_C-uGwI/view?usp=sharing

Continue Lendo
Patrocinado
Clique para comentar

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sem categoria

Fim de ano: confira as opções para emagrecer de forma saudável

Publicado

em

Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui

Especialista dá dicas para evitar o sobrepeso, emagrecer de forma saudável e os melhores tratamentos do momento

Muita gente imagina que o fim de ano pode ser a época mais difícil para emagrecer, já que, nesse momento, todas as atenções estão voltadas para as celebrações e comidas típicas do momento. Porém, ao colocar tal objetivo como meta e buscar meios saudáveis para combater a obesidade e sobrepeso, a reta do final do ano pode ser o período perfeito para isso.

Segundo Bruno Sander, especialista em tratamentos contra a obesidade, dois fatores contribuem para que essa época do ano seja excelente para emagrecer: o período de férias e a mudança na rotina. “Por um lado, esse momento pode ser um vilão quando não se tem hábitos saudáveis e acompanhamento profissional. Por outro, quando se coloca em mente a importância de começar uma vida saudável, essa mudança na rotina para quem entra de férias, pode ser excelente para criar novos hábitos longe das tentações que aparecem na correria do dia-a-dia, além de ter mais tempo para realizar atividades físicas”, diz.

Além disso, o médico comenta que a maioria dos tratamentos que precisam ser realizados cirurgicamente – no caso de pacientes obesos ou com sobrepeso já em nível avançado – é necessário um tempo para se recuperar dos procedimentos. “Assim, estando de férias, é mais fácil ficar de repouso e cuidar melhor da saúde”, afirma.

Tratamentos mais buscados

Exatamente para aproveitar essa época, Bruno Sander comenta os principais tratamentos da área e hábitos que podem ser desenvolvidos para melhorar a saúde, emagrecer de forma saudável e combater a obesidade. Confira:

Nutrição – o principal para conseguir mudar de hábitos e evitar exageros é o acompanhamento com profissionais da área da nutrição. Após avaliação do organismo e do estilo de vida de cada pessoa, o especialista montará um cronograma personalizado. E, caso o paciente tenha outros problemas relacionados à alimentação, como transtornos psicológicos ou outra dificuldade para manter uma rotina saudável, o especialista também o encaminhará para obter o tratamento multidisciplinar com outros profissionais adequados.

Leia também:  Isabela Crociolli mergulha em projetos sociais

Balão Intragástrico – quando se fala em combate a obesidade e sobrepeso, o balão se tornou um dos tratamentos mais procurados da atualidade. A sua eficácia e rápida recuperação, ajuda pacientes que já tinham tentado diversas opções sem sucesso. Além de ser um procedimento mais seguro – realizado de forma menos invasiva, por via endoscópica – o balão intragástrico ajuda a adquirir hábitos saudáveis de forma mais rápida e impede a ingestão de alimentos prejudiciais à saúde. E, com acompanhamento nutricional, o paciente consegue perder peso de forma mais ágil e segura.

Overstitch© – essa é a famosa técnica conhecida como redução de estômago por endoscopia. Ela possui o mesmo objetivo que a cirurgia bariátrica, porém o procedimento é muito mais seguro, já que não existe a necessidade de cortes cirúrgicos e a recuperação também é muito mais rápida.

Sobre o Sander Medical Center

O Hospital Dia Sander Medical Center é pioneiro em Minas Gerais para o tratamento exclusivo da obesidade e sobrepeso. Com uma equipe multidisciplinar completa, a instituição conta com os procedimentos mais seguros e modernos na área, profissionais competentes e sempre em busca de inovação, além de atendimento personalizado, sempre pensado no bem-estar de cada paciente e levando em consideração sua história e necessidades específicas. Para conhecer e marcar uma avaliação, basta entrar em contato através dos canais de atendimento.

Telefones: (31) 3588-1155 – (31) 3261-4515

WhatsApp: (31) 98010-5000

Endereço: Avenida Bernardo Monteiro, 1265 – Funcionários/Belo Horizonte.

Redes sociais: @sandermedicalcenterbh – @drbrunosander

www.sandermedicalcenter.com.br

Fonte: Bruno Queiroz Sander, médico cirurgião endoscopista, especialista em gastroenterologia e diretor do Hospital Dia Sander Medical Center, em Belo Horizonte (RQE: 14270/32354/41292).

Continue Lendo

Sem categoria

Viagens longas podem prejudicar saúde das pernas

Publicado

em

Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui

Confira dicas para evitar a trombose, uma das principais doenças durante essa época do ano

O ano já está na reta final e essa é uma época de descanso para boa parte dos brasileiros. Geralmente, nesse período, já começam os preparativos para as viagens e celebrações pelo país. Com isso, diversas pessoas pegam estrada ou o avião para curtir o descanso longe de casa. O problema é que esse momento também pode se tornar um vilão quando negligenciado. O longo período na mesma posição dentro de veículos é um risco para a saúde das pernas. Entre eles, a trombose, problema que pode acometer pessoas que passam muito tempo sentadas ou possuem hábitos inadequados para a saúde.

Segundo o Ministério da Saúde, a cada mil brasileiros, 2 desenvolvem os sintomas mais leves da Trombose Venosa Profunda (TVP). Enquanto isso, de acordo com a Sociedade Internacional de Hemostasia e Trombose, cerca de 1 milhão de pessoas morrem todos os anos devido ao grau mais elevado do problema, conhecido como embolia.

Guilherme Jonas, angiologista e cirurgião vascular, explica que o melhor caminho para se prevenir é através de hábitos saudáveis e vida longe do sedentarismo. “Bons hábitos alimentares e exercícios físicos salvam vidas. Estes são os principais aliados na prevenção de muitas doenças, entre elas, todos os transtornos ligados à saúde vascular”, destacou.

Férias

A principal causa da trombose é a falta de movimento. “Ficar parado por muito tempo faz com que o sangue não circule da maneira correta. Isso produz coágulos nas maiores veias da perna, conhecidos como trombos e causam dor e inchaço na região, podendo interferir no movimento das pernas e prejudicar, consideravelmente, a qualidade de vida do paciente”.

Leia também:  Isabela Crociolli mergulha em projetos sociais

Exatamente por ser um período em que as pessoas ficam muito tempo paradas na mesma posição e em locais difíceis de mexer as pernas, como o assento de aviões, carros e etc, as férias é o momento em que mais surgem casos de trombose. “A melhor forma de prevenir esse problema é com exercícios. Mesmo dentro do carro ou em outro veículo, faça o movimento de levantar e descer os pés a cada 20 minutos. Se possível, tente levantar um pouco. Caso esteja no avião, e se estiver viajando de carro ou ônibus, aproveite as paradas para se exercitar e fazer alongamentos”, indicou o médico.

Fonte: Guilherme Jonas, médico angiologista e cirurgião vascular, especialista em cirurgia vascular pela SBACV (Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular). CRMMG 44020, RQE 28561, 37143. Diretor técnico da clínica Angiomais em Belo Horizonte MG.

Continue Lendo

Sem categoria

Vai ter Samba: Mix Garden recebe os primeiros shows desde o início da pandemia

Publicado

em

Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui

Projeção do espaço do Vai Ter Samba.

Primeiro evento presencial com atrações nacionais desde o início da pandemia, festa, que será no formato de lounges e mesas, acontece de 21 de novembro a 19 de dezembro, com os shows de Menos é Mais, Dilsinho, Pixote, Turma do Pagode, Sorriso Maroto, Belo e bandas de BH, seguindo todos os protocolos sanitários, com aferição de temperatura, uso obrigatório de máscaras, álcool em gel disponível para todos os participantes e ações para evitar aglomerações; vendas de ingressos a partir de 10 de novembro

Após a realização de tantas lives de samba e pagode durante a pandemia no Brasil, chegou a vez de o público curtir de verdade, em um evento presencial. Isso porque, de 21 de novembro a 19 de dezembro, o “Vai Ter Samba” chega para animar os fãs com nomes de destaque da música, como: Menos é Mais, Dilsinho, Pixote, Turma do Pagode, Sorriso Maroto, Belo e bandas de BH. Os shows serão apresentados no Mix Garden (R. Projetada, 65 – Jardim Canada, Nova Lima – MG) respeitando todos os protocolos de saúde em relação ao Covid-19, com lounges com capacidade limitada, aferição de temperatura, higienização constante dos espaços, disponibilização de álcool em gel, uso obrigatório de máscaras  e ações que visem a conscientização do público presente para que não ocorra aglomerações.

Com mais de 250 milhões de visualizações no Youtube, o grupo de pagode Menos é Mais já representa Brasília em outros estados e é a promessa do gênero musical no Brasil. O grupo, que tem três anos de estrada, abrirá a programação do evento no dia 21 de novembro. Os sucessos, “Melhor Eu Ir”, “Vai Me Dando Corda”, “Fatalmente,Talvez”, “Teu Segredo”, “Mina de Fé” e outros hits são presenças garantidas no repertório.  Já para os fãs de música romântica, o cantor Dilsinho, conhecido como o príncipe do samba, trará todo o seu encanto para o “Vai Ter Samba” no final de semana seguinte,  dia 28 de novembro, com músicas que fazem parte  do aclamado DVD “Terra do Nunca”, sucesso de crítica e mídia e do álbum “Quarto e Sala”, como, Péssimo Negócio, Trovão, Deixa pra Amanhã, Misturados, Sogra, Pequenos Detalhes e outros sucessos.

Leia também:  Intel Core i7-7700K 'Kaby Lake' review

Para esquentar ainda mais a festa, Pixote, grupo liderado por Dodô com mais de 27 anos de carreira, sendo considerado um dos maiores destaques do pagode brasileiro nos últimos anos, vai animar o público no dia 05 de dezembro, com hits marcantes do grupo, como,  “Insegurança”, “Mande um sinal”, “Fissura” e muitas outras para não deixar ninguém parado. A véspera de feriado, 07 de dezembro, terá toda a animação da Turma do Pagode, com grandes sucessos, como, “Lancinho”, “Aonde Quer Chegar”, “Deixa em off”, “Camisa 10”, “Cobertor de Orelha”, “Se Eu Pudesse” e outras músicas que prometem agitar o Vai Ter Samba.

O grupo Sorriso Maroto marcará presença no dia 12 de dezembro e o público pode se preparar para um show inesquecível comandado por Bruno Cardoso (voz), Cris Oliveira (percussão e vocal), Sérgio Jr (violão e vocal), Vinicius Augusto (teclado e vocal) e Fred (percussão), com as inesquecíveis canções “Dependente”, “Primeira Namorada”, “Vai e Chora”, “Sinais” e outras músicas que estão no último DVD ”Ao Cubo, Ao Vivo, Em Cores”.  Já o Belo, um dos cantores mais requisitados nos eventos de samba e pagode do Brasil, arrastando multidões de fãs por onde passa, chega no dia 19 de dezembro, com os hits, “Eu Me Acostumei”, “Perfume”, “Intriga da Oposição”, “Defeito Meu”, “Razão da Minha Vida” e outras músicas que embalam as baladas de pagode.

A organização do evento está tomando todos os cuidados necessários para garantir diversão e alegria, com segurança e responsabilidade. “Quando vimos o quão séria é essa pandemia, decidimos adiar todos os nossos eventos e só voltaríamos quando fosse criado um formato em que o público, colaboradores e artistas pudessem estar no evento com a garantia de segurança. E o Vai Ter Samba foi criado assim, seguindo todas as normas e protocolos das autoridades, com rígidas medidas que deverão ser cumpridas por todos os que estiverem presentes. Com exceção dos artistas, a máscara será obrigatória, bem como o uso de álcool gel, aferição de temperatura e a organização de filas para preservar o distanciamento”, explica o produtor Philippe Xavier, um dos organizadores da festa.

Leia também:  Suzuki Unveils Its Entry-Level 2017 GSX-R125 Sportbike

O bom senso deve ser a principal regra no Vai Ter Samba, como explica o produtor Júlio Ramos. “A produção do evento está tomando todas as medidas necessárias, mas para que seja eficaz, os presentes deverão colaborar. Por exemplo, não será permitida a circulação fora dos lounges, a não ser se for para ir ao banheiro. Quem não cumprir, será advertido e se insistir, poderá ser convidado a se retirar. Pode parecer um pouco radical, mas saúde não é brincadeira e o que queremos é uma festa bonita e segura para todos”, explica o profissional.

Para evitar aglomerações, os ingressos para o Vai Ter Samba serão vendidos exclusivamente de forma antecipada e on-line a partir de 10 de novembro, pelo site www.centraldoseventos.com.br. Assim como nas vendas das entradas, o público também terá a tecnologia como aliada durante o evento, já que os pedidos de itens de alimentação e bebidas deverão ser realizadas por meio de um aplicativo para que sejam evitadas as formações de filas enquanto a festa acontece.

 

Serviço

Vai Ter Samba

Data: 21 de novembro a 19 de dezembro

Atrações: Menos é Mais (21/11), Dilsinho (28/11), Pixote (05/12), Turma do Pagode (07/12), Sorriso Maroto (12/12) e Belo (19/12).

Local: Mix Garden (R. Projetada, 65 – Jardim Canada, Nova Lima – MG).

Ingressos:

Lounge Ouro: R$ 1.300,00

Lounge Prata: R$ 1.100,00

Todos os lounges são para 8 pessoas e não serão vendidos ingressos individuais

 

Mesa Ouro: R$ 750,00

Mesa Prata: R$ 600,00

Todas as mesas são para 6 pessoas e não serão vendidos ingressos individuais

Protocolos de saúde:  Os lounges serão vendidos para grupos fechados e não há a possibilidade da compra de assento dentro de um lounge, pois, seguindo as recomendações das autoridades de saúde, o espaço é direcionado para pessoas do mesmo convívio e ou familiares.

Leia também:  Isabela Crociolli mergulha em projetos sociais

 

Vendas a partir de 10 de novembro pelo site www.centraldoseventos.com.br

Continue Lendo

Newsletters

Receba as Notícias do Site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana