Connect with us

RS

Bebê e homem morrem em acidente na RSC-287, entre Triunfo e Montenegro

Publicado

em

Acidente aconteceu pouco antes do meio-dia na RSC-287 — Foto: André Rafael Herzer/Jornal Ibiá
Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui

Outros dois ocupantes do veículo estão internados em hospital. Segundo informações de familiares dadas à Polícia Civil, família voltava do batizado da criança.

Um bebê e um homem morreram neste domingo (27) após acidente de carro na RSC-287, entre Triunfo e Montenegro, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

A criança, uma menina de 9 meses, morreu no local. O homem morreu no hospital, para onde foi levado junto com o motorista e a mulher que estavam no veículo.

Segundo informações do Comando Rodoviário da Brigada Militar, pouco antes do 12h, o carro se chocou contra uma árvore. O Corpo de Bombeiros e o Samu também atenderam a ocorrência.

O acidente foi encaminhado para Polícia Civil que investiga o que pode ter acontecido. A princípio, se trabalha com a hipótese de que o motorista tenha perdido o controle da direção.

A pista estava molhada e chovia na hora do acidente.

Em depoimento à Polícia, familiares dos envolvidos confirmaram que eles estariam voltando do batizado da menina que morreu. A identidade dos envolvidos não foi revelada.

Por G1 RS

Continue Lendo
Patrocinado
Clique para comentar

Deixe seu Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Coronavírus

Indicadores da macrorregião Missioneira pioram: Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo são classificadas como risco epidemiológico alto

Publicado

em

Por

Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui

Depois de duas rodadas sem regiões classificadas como risco epidemiológico alto, o mapa preliminar da 25ª semana do modelo de Distanciamento Controlado, divulgado nesta sexta-feira (23/10), voltou a apresentar bandeira vermelha. Presentes também há duas rodadas, as bandeiras amarelas (risco epidemiológico baixo) deram lugar, novamente, a bandeiras laranjas (risco epidemiológico médio).

Classificadas em amarelo na 24ª rodada, as regiões de Bagé, Cachoeira do Sul e Palmeira das Missões apresentaram piora nos indicadores e passaram, nesta 25ª, para a bandeira laranja.

As regiões de Cruz Alta, Ijuí e Santo Ângelo – todas da macrorregião Missioneira, que estavam na bandeira laranja –, também apresentaram piora nos indicadores e voltaram para a bandeira vermelha.

As outras 15 regiões Covid seguem em bandeira laranja.

Veja o mapa preliminar da 25ª rodada: https://distanciamentocontrolado.rs.gov.br.

O número de novas hospitalizações (clínicas e UTI) confirmadas por Covid-19 chamou a atenção da equipe que monitora os indicadores de propagação do coronavírus. Entre as duas últimas semanas, o aumento foi de 21% – de 739 para 897. Esse aumento repercutiu sobre a elevação de 13% de internados em leitos clínicos confirmados com Covid-19. Para internados em UTI com a doença, a situação ficou relativamente estável, com leve aumento de 533 para 539. Óbitos cresceu 11% entre as duas últimas semanas, de 213 para 236.

No entanto, as internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) em UTI tiveram queda de 7% e houve relativa estabilidade dos confirmados com Covid-19 em UTI (aumento de apenas 1%). Mesmo contabilizando os pacientes internados por outras causas, ocorreu queda no número de leitos de UTI ocupados. A manutenção do total de leitos de UTI se traduziu novamente em aumento na razão de leitos livres para cada ocupado por Covid-19.

O monitoramento diário desses indicadores permitirá ao governo identificar se essas oscilações são situações pontuais ou alguma tendência mais consistente ao longo do tempo. De qualquer maneira, há a necessidade de a população reforçar os cuidados pessoais, como o uso de máscara e a higienização das mãos, e o distanciamento pessoal, além de evitar ao máximo as aglomerações.

O sistema de cogestão do Distanciamento Controlado segue valendo. Das 21 regiões Covid, apenas Uruguaiana, Bagé e Guaíba não aderiram ao sistema compartilhado. As outras 18 já adotam protocolos alternativos às bandeiras definidas pelo governo – Santa Maria, Capão da Canoa, Taquara, Novo Hamburgo, Canoas, Porto Alegre, Santo Ângelo, Cruz Alta, Ijuí, Santa Rosa, Palmeira das Missões, Erechim, Passo Fundo, Pelotas, Caxias do Sul, Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul e Lajeado.

As regiões em cogestão classificadas em bandeira vermelha podem adotar regras de bandeira laranja, e as classificadas em laranja podem adotar protocolos de bandeira amarela, basta que enviem protocolos próprios adaptados à Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios (Saam).

Leia também:  Daer vai manter radares móveis nas rodovias gaúchas, garante Eduardo Leite

Os planos regionais aprovados estão disponíveis em https://planejamento.rs.gov.br/cogestao-regional.

Paralelamente aos pedidos de cogestão, o Estado aceitará pedidos de reconsideração à classificação de risco, que podem ser feitos via associação regional por meio de formulário eletrônico (pelo link https://forms.gle/7Fc5kLb19kC1qdJL7), no prazo máximo de 36 horas após a divulgação do mapa preliminar – até as 6h de domingo (25/10).

A adoção de protocolos alternativos não altera as cores do mapa definitivo, que será divulgado após análise dos recursos pelo Gabinete de Crise, na tarde de segunda-feira (26/10), por meio de notícia publicada no site do governo do Estado. A vigência das bandeiras da 25ª rodada começa à 0h de terça-feira (27/10) e se encerra às 23h59 de segunda-feira (2/11).

Regra 0-0

Conforme o mapa preliminar da 25ª rodada, 57 municípios (do total de 497) estão classificados em bandeira vermelha, somando 681.771 habitantes, o que corresponde a 6% da população gaúcha (total de 11,3 milhões de habitantes).

Desses, 35 municípios (183.582 habitantes, 27% da população em bandeira vermelha) podem adotar protocolos de bandeira laranja, porque cumprem os critérios da Regra 0-0, ou seja, não têm registro de óbito ou hospitalização de moradores nos últimos 14 dias, desde que a prefeitura crie um regulamento local.

Além disso, do total de 440 municípios em bandeira laranja (10.647.834 habitantes, 94% da população do RS), 225 (1.216.695 habitantes, 11% da população em bandeira laranja) podem adotar protocolos de bandeira amarela.

• Clique aqui e acesse a lista de municípios que se enquadram na Regra 0-0.

RESUMO DA 25ª RODADA

Região que apresentaram piora (6):

AMARELA > LARANJA

Bagé: com aumento de 100% no número de internados em leitos clínicos por conta da Covid em comparação com a semana anterior, a região de Bagé perde a classificação de bandeira amarela. A região passou de 5 para 10 pacientes hospitalizados. De modo específico, Bagé obteve classificação de bandeira preta para o indicador que compara o número acumulado de hospitalizações de uma semana para outra (saltou de seis para nove registros no período).
O modelo atribuiu bandeira vermelha à macrorregião Sul no indicador que mede o número de pacientes Covid em leitos de UTI. Eram 16 leitos de UTI ocupados e, agora, são 19. Por outro lado, considerando as demais doenças, as regiões de Bagé e Pelotas conseguiram, juntas, ampliar de 67 para 85 o número de leitos livres para tratamento intensivo.

Cachoeira do Sul (em cogestão): sem registrar nenhum paciente hospitalizado por Covid-19 na semana anterior, agora Cachoeira do Sul apresenta dois casos internados. De uma semana para outra, a região passou de um para dois leitos de UTI ocupados por SRAG.

Leia também:  Caminhão sai de pista e tomba na SC-283 no trecho entre Seara e Chapecó

Palmeira das Missões (em cogestão): o número de internações em leitos clínicos por Covid-19 ao longo dos últimos sete dias mais que dobrou quando comparado ao período anterior – de 10 casos para 21. Nesta quinta-feira (22/10), havia 10 pacientes infectados pelo vírus em leitos clínicos, quando no último dia do levantamento anterior eram apenas quatro. As internações em leito de UTI por Covid subiram de dois para três casos.

LARANJA > VERMELHA

Cruz Alta (em cogestão): em três dos quatro indicadores regionais, Cruz Alta ficou na bandeira preta. Houve elevação de 44% nos registros de hospitalizações para Covid-19 nos últimos sete dias – de 18 para 26. Enquanto o número de internados por SRAG em UTI se manteve estável, em 10 pacientes, se registraram nove internações a mais em leitos clínicos por Covid-19 em relação à semana passada – crescimento de 69%. Também aumentou, de sete para 10, o número de pacientes em UTI. Além disso, nos últimos sete dias, foram registrados três óbitos. No indicador de ativos sobre recuperados, porém, a região obteve bandeira amarela: são 133 ativos para 551 recuperados.

Ijuí (em cogestão): embora não tenha havido grande crescimento no número de hospitalizações na região de Ijuí, o número de internados por Covid-19 em leitos clínicos aumentou de 10 para 17 (70%) de uma semana para outra. Por sua vez, se mantiveram relativamente estáveis os internados por SRAG e por Covid-19 em UTI. Por fim, foram registrados dois óbitos nos últimos sete dias, 246 casos ativos e 450 recuperados.

Santo Ângelo (em cogestão): além do agravamento dos indicadores da macrorregião Missioneira, houve especificamente na região elevação nos registros de hospitalizações para Covid-19 nos últimos sete dias – de 29 para 33. Santo Ângelo registrou aumento de 12 para 15 no número de leitos de UTI ocupados por SRAG. Com isso, houve redução proporcional na disponibilidade de leitos destinados ao tratamento intensivo de pacientes: agora são 12 unidades livres e, na semana passada, eram 15.

Regiões que permanecem iguais (15)

BANDEIRA LARANJA

Porto Alegre (em cogestão)
Canoas (em cogestão)
Novo Hamburgo (em cogestão)
Santa Rosa (em cogestão)
Capão da Canoa (em cogestão)
Taquara (em cogestão)
Caxias do Sul (em cogestão)
Passo Fundo (em cogestão)
Santa Maria (em cogestão)
Guaíba
Lajeado (em cogestão)
Pelotas (em cogestão)
Santa Cruz do Sul (em cogestão)
Erechim (em cogestão)
Uruguaiana

Leia também:  Acidente durante exercício militar no Irã deixa ao menos 19 mortos e diversos feridos (VÍDEO)

Região que apresentou melhora (0):
(Nenhuma)

• Clique aqui e acesse a nota técnica com as justificativas de classificações das regiões.

NÚMEROS DA 25ª RODADA

• número de novos registros semanais de hospitalizações confirmadas com Covid-19 aumentou 21% entre as duas últimas semanas (de 739 para 897);
• número de internados em UTI por SRAG reduziu 7% entre as duas últimas quintas-feiras (de 732 para 681);
• número de internados em leitos clínicos com Covid-19 aumentou 13% entre as duas últimas quintas-feiras (de 638 para 721);
• número de internados em leitos de UTI com Covid-19 ficou estável entre as duas últimas quintas-feiras (de 533 para 539);
• número de leitos de UTI adulto livres para atender Covid-19 aumentou 7% entre as duas últimas quintas-feiras (de 722 para 774);
• número de casos ativos aumentou 2% entre as duas últimas semanas (de 10.011 para 10.190);
• número de óbitos por Covid-19 aumentou 11% entre as duas últimas quintas-feiras (de 213 para 236);

As regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias, por local de residência do paciente, são Porto Alegre (326), Canoas (77), Caxias do Sul (72), Novo Hamburgo (66) e Passo Fundo (53).

Comparativo: situação entre 24 de setembro e 22 de outubro

• número de novos registros semanais de hospitalizações confirmadas com Covid-19 aumentou 13% no período (de 793 para 897);
• número de internados em UTI por SRAG reduziu 16% (de 806 para 681);
• número de internados em leitos clínicos com Covid-19 aumentou 5% (de 688 para 721);
• número de internados em leitos de UTI com Covid-19 reduziu 18% (de 658 para 539);
• número de casos ativos aumentou 4% (de 9.805 para 10.190);
• número de leitos de UTI adulto livres para atender Covid-19 aumentou 13% (de 684 para 774);
• número de óbitos por Covid-19 acumulados em sete dias reduziu 14% no período (de 273 para 236).

Clique aqui e acesse o levantamento completo da 24ª rodada do Distanciamento Controlado.

Texto: Suzy Scarton
Edição: Marcelo Flach/Secom

Continue Lendo

RS

Após sobrevoar ERS-118, governador anuncia projeto para melhorar fluxo no entroncamento com a ERS-030

Publicado

em

Por

Governador Leite verificou andamento da duplicação da rodovia, que deve ser concluída no fim do ano - Foto: Maicon Hinrichsen / Palácio Piratini
Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui

Com a duplicação dos 21,5 quilômetros da ERS-118 quase concluída, o governo do Estado já olha para outras melhorias que podem ser feitas no trecho. Após sobrevoar a rodovia na tarde desta sexta-feira (23/10), o governador Eduardo Leite e o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, determinaram como prioridade a melhoria do entroncamento da 118 com a ERS-030, em Gravataí.

O projeto de duplicação em andamento, previsto para ser finalizado até o fim do ano, não contempla essa intersecção, no km 22, que dá acesso ao distrito industrial de Gravataí (avenidas Centenário e Plínio Kroeff) e localizada a apenas 500 metros da freeway (BR-290).

Com a duplicação concluída em trechos da estrada, o trânsito está fluindo bem e de forma ainda mais intensa exatamente devido às melhores condições da via. Parte do aumento no movimento é resultado da instalação de empresas na região, como do setor de logística. O grande fluxo de veículos acaba afunilando neste entroncamento, não duplicado, gerando congestionamento, que se acentuam nos horários de pico.

“Além de um sobrevoo sobre as obras de duplicação da 118, que estão na etapa final e faremos a entrega ainda neste ano, sobrevoamos o entroncamento com a ERS-030, onde existe um conflito de trânsito a ser resolvido. Demandamos ao Daer (Departamento Autônomo de Estradas de Rodagens) dois projetos: um emergencial, que resolva de forma rápida e temporária o problema, e outro de uma construção de uma elevada e de uma trincheira, que deverá resolver definitivamente”, afirmou o governador.

Gov Sobrevoo 118 Maicon Hinrichsen Palacio Piratini 17
Intersecção, no km 22, dá acesso ao distrito industrial de Gravataí e fica a 500 metros da freeway – Foto: Maicon Hinrichsen / Palácio Piratini

A elaboração dos estudos e projetos de viabilidade devem ser incluídos ainda no orçamento de 2021. Conforme a análise preliminar do Daer, a trincheira, que seria usada pelos motoristas que queiram ingressar na área urbana de Gravataí (o tráfego da ERS-118 seguiria por cima), e um viaduto, que proporcionaria um acesso lateral à ERS-030, poderiam resolver de forma definitiva o fluxo no local.

Leia também:  Caminhão sai de pista e tomba na SC-283 no trecho entre Seara e Chapecó

“Para que a população, que já terá enormes ganhos com a entrega da duplicação da 118, não espere por essa solução no entroncamento, o Daer vai entregar em breve um estudo de viabilidade para fazer a sinalização e melhorias pontuais na travessia da avenida Centenário, da ERS-030 e para o distrito industrial de Gravataí”, afirmou o secretário Costella.

Duplicação na reta final

Iniciada há 14 anos e interrompida diversas vezes por falta de recursos, a obra de duplicação dos 21,5 quilômetros entre Sapucaia do Sul e Gravataí foi retomada pela atual gestão em junho de 2019 com o compromisso de não paralisá-la até a conclusão. A previsão de entrega total foi reafirmada pelo governador para o fim deste ano.

Estão em fase final de conclusão o viaduto sobre o trensurb (no km 1, em Sapucaia do Sul), que deve ser inaugurado em outubro; a restauração total da pista antiga do lote 3 (Km 0 ao 5) e a conclusão do 1,5 km inicial, que serão concluídos até o fim do ano.

Segundo o secretário de Logística e Transportes, a obra está com 95% de execução concluída. Dividida em três lotes, esta última fase conta com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de R$ 131 milhões, dos quais já foram investidos R$ 107 milhões.

Texto: Vanessa Kannenberg
Edição: Marcelo Flach/Secom

Continue Lendo

Eventos

Serra Gaúcha: Sunset e Brunch marcam retorno dos eventos nos Altos Montes nesse final de semana

Publicado

em

Por

Crédito Boscato Vinhos Finos
Quer receber notícias do G10News pelo whatsapp? Clique aqui

O próximo final de semana será marcado pelo retorno dos eventos na região dos Altos Montes da Serra Gaúcha. No sábado, 24 de outubro, das 17h às 20h, a vinícola Boscato realizará o Sunset nos Vinhedos, com atração musical, gastronomia e muito vinho. Já, no domingo, 25 de outubro, a partir das 12h, a vinícola Monte Reale realiza o Brunch de Primavera, com um menu cheio de delícias assinado pelo Chef Fredi Fontana.

Para ambos os eventos serão tomadas as medidas de segurança necessárias, respeitando a capacidade de pessoas e distanciamento. É possível garantir sua reserva para o Brunch pelo telefone (54) 3292.1011 ou pelo WhatsApp (54) 32925935. Devido ao respeito à capacidade de pessoas indicadas, o Sunset já está com reservas esgotadas.

Vinhos dos Altos Montes – Localizada na Serra Gaúcha, entre os municípios de Flores da Cunha e Nova Pádua, a região possui o registro de Indicação de Procedência (IP) dos Altos Montes e é responsável por rótulos premiados em todo o mundo. As características geográficas de altitude – até 800 metros acima do mar – combinada com o solo rochoso e úmido, entregam vinhos finos exclusivos e uma grande variedade de sabores.

Desde 2002, a rede vitivinicultora e o enoturismo local são fortalecidos pela Associação de Produtores dos Vinhos dos Altos Montes (Apromontes), composta por dez vinícolas: Boscato Vinhos Finos, Casa Venturini, Vinhos Fabian, Fante Indústria de Bebidas, Vinícola Luiz Argenta, Vinícola Mioranza, Vinícola Panizzon, Terrasul Vinhos Finos, Valdemiz Vinhos Finos e Vinhos Viapiana. Mais informações podem ser obtidas em www.vinhosdosaltosmontes.com.br.

Brunch de Primavera
Data: 25 de outubro (domingo)
Horário: a partir das 12h
Local: Vinícola Monte Reale – Avenida Vinte e Cinco de Julho, Estr. São Cristóvão, 5005, Flores da Cunha
Reservas: telefone (54) 3292.1011 ou pelo WhatsApp (54) 32925935

Leia também:  Grave acidente de trânsito entre cinco veículos é registrado no Centro de Chapecó

Sunset nos Vinhedos
Data: 24 de outubro (sábado)
Horário: 17h às 20h
Local: Vinhedos da Vinícola Boscato
Ingressos: esgotados

Continue Lendo

Newsletters

Receba as Notícias do Site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana