Connect with us

Segurança

Agentes penitenciários realizam revista geral no Presídio de Erechim

Publicado

em

Foto: Susepe

Após recebimento de relatório de Inteligência Peniteciária sobre plano de fuga envolvendo presos, a Susepe realizou revista geral no Presídio de Erechim, nesta quinta-feira (11).

O alvo da ação foi para manutenção da ordem e da disciplina no ambiente prisional.
“Apesar de estarmos priorizando a prevenção à contaminação das pessoas presas na pandemia, não vamos descuidar da segurança e da disciplina dentro do ambiente prisional. Ações como esta vão acontecer sempre que forem necessárias , explicou o secretário da Seapen, Cesar Faccioli.
Já o superintendente da Susepe,Cesar da Veiga, reiterou que as revistas operacionais reforçam a presença do Estado, para combater o crime e garantir a segurança para a sociedade,
“A ação culminou com a transferência de presos para outras unidades prisionais da 4a região, e transcorreu dentro da normalidade”, informou Everson Munhós, superintendente adjunto da Susepe.

Participaram o Grupo de Ações Especiais (GAES), a Divisão de Segurança e Escolta (DSE), agentes da casa prisional e da Divisão de Inteligência Peniteciária (DIPEN). O Corpo de Bombeiros e a Brigada Militar deram apoio na revista.

 

Fonte: Susepe

Segurança

Criança de dois anos morre após cair de prédio em Porto Alegre

Publicado

em

Por

Segundo a Polícia Civil, menino estava em casa com a mãe e o padrasto. Ele chegou a ser socorrido por vizinhos, mas não resistiu.

Um menino de 2 anos morreu, na tarde deste sábado (6), após cair do quarto andar de um prédio no Bairro Rubem Berta, na Zona Norte de Porto Alegre.

De acordo com a Polícia Civil, a criança foi socorrida por vizinhos e levada ao Hospital Cristo Redentor, mas não resistiu.

A criança estava em casa com a mãe e o padrasto, segundo o delegado responsável pelo caso, Silvio Hupps. A queda teria ocorrido de uma janela, que fica próxima a uma cama.

Ainda de acordo com a polícia, os vizinhos não relataram nenhuma briga ou discussão antes do acidente. “A investigação está em andamento e ainda vamos ouvir a mãe e o padrasto”, diz o delegado.

Fonte: RBS TV/G1

Continue Lendo

RS

Identificadas as vítimas do acidente que matou cinco pessoas em estrada na Serra gaúcha

Publicado

em

Por

Colisão ocorreu na rodovia ERS-122, em Campestre da Serra. (Foto: Reprodução/YouTube)

A colisão entre um carro Santana Quantum e um ônibus matou cinco pessoas neste sábado (16) no quilômetro 169 da rodovia estadual ERS-122, em Campestre da Serra (Serra Gaúcha). Os corpos das vítimas – todas da mesma família – ficaram carbonizados e a identificação só foi confirmada horas mais tarde. São elas Evonicio de Freitas, Martha Marlene Constante, Otávio Revail Gomes, Diego de Freitas e Cláudia Pedroso.

De acordo com informações fornecidas pelo CRBM (Comando Rodoviário da Brigada Militar), o motorista do automóvel, com placas de Caxias do Sul, teria tentado fazer uma ultrapassagem em trecho de curva da pista, por volta das 7h. O veículo, entretando, acabou batendo frontalmente no coletivo, que transportava agricultores para uma área de colheita de cenoura no município de Ipê.

Com o impacto, ambos os veículos incendiaram, conforme testemunhado por outro motorista que passava pelo local e registrou com o celular os destroços pegando fogo. A imagem, com cerca de 15 segundos de duração, foi postada no final da manhã no site de vídeos www.youtube.com.

Os ocupantes do Santana Quantum haviam embarcado em Caxias do Sul, também na Serra Gaúcha) aproximadamente às 5h e seguiam para o município de São José dos Ausentes (região Nordeste do Rio Grande do Sul), onde pretendiam visitar um primo. Todos tiveram morte instantânea e ficaram irreconhecíveis. As informações foram fornecidas ao CRBM e à Polícia Civil local pelo filho de uma das vítimas (Evoninicio).

As necropsias dos cinco corpos estão a cargo do PML (Posto Médico Legal), também em Vacaria. Até o final da noite deste sábado,  não havia informações mais detalhadas sobre a liberação para velório e sepultamento, já que o estado dos corpos exige a realização de exame de DNA para confirmação oficial.

 

Coletivo

No ônibus, havia 20 pessoas, das quais oito sofreram ferimentos leves e passam bem, após terem recebido atendimento no hospital Nossa Senhora das Oliveiras, em Vacaria. Todos os atendidos na instituição eram passageiros do coletivo. O grupo é formado por um homem de 21 anos, outro de 22 e mais um de 42, duas mulheres de 22 anos e outra de 50.

Atuaram no resgate uma ambulância e uma viatura do Corpo de Bombeiros da cidade. O trânsito na rodovia permaneceu alternado em meia pista até ser liberado totalmente quando já eram 15h.

 

(Marcello Campos)

O Sul

Continue Lendo

Notícias

Adolescente de 16 anos envenena família com quatro crianças entre as vítimas

Publicado

em

Por

Quatro crianças de 2, 7, 10 e 12 anos e uma mulher de 43 anos foram vítimas de envenenamento por chumbinho em Santarém, no oeste do Pará. O caso aconteceu na comunidade Curuai, na região do Lago Grande, na noite de sábado (9) e a família foi resgatada por equipes no Samu no domingo (10).

 

Das quatro crianças, três são filhos da mulher que também foi envenenada. Conforme o pai à equipe de resgate, a filha de 16 anos teria colocado o veneno em um bolo e suco servidos à família. A adolescente está foragida.

Ainda na noite de sábado, após a ingestão dos alimentos, os quatro começaram a sentir mal-estar, principalmente tontura e vômito. Horas depois o quadro clínico se agravou e os quatro foram levados ao posto de saúde da comunidade.

 

Após fazer o atendimento, o enfermeiro constatou que a família havia sido vítima de envenenamento por chumbinho. Ele entrou em contato com a central do Samu em Santarém e pediu resgate em caráter de urgência.

A transferência para o centro da cidade foi feita por lancha na tarde de domingo. “É uma situação delicada e muito grave, eles estão todos desidratados, vomitaram bastante. Lá, iniciaram a hidratação e eles estabilizaram”, informou o coordenador do Samu, enfermeiro Joziel Colares.

As cinco vítimas foram levadas para o Hospital Municipal Dr. Alberto Tolentino Sotelo (HMS). À equipe do Samu, o pai das crianças informou que suspeita que a adolescente tenha colocado veneno em outros alimentos, como farinha consumida. A motivação não foi repassada.

Até a publicação desta reportagem o caso não tinha sido registrado na 16ª Seccional de Polícia Civil.

 

Quadro clínico

Em nota, o Hospital Municipal Dr. Alberto Tolentino Sotelo (HMS) informou que recebeu cinco pessoas de uma mesma família com sintomas de envenenamento. O médico plantonista avaliou as quatro crianças e a mãe.

 

Os pacientes passaram por exame, estão recebendo medicação e estão em observação continua. As crianças estão na emergência pediátrica e a mãe na enfermaria. Todos estão com quadro clínico estável.

O setor de psicologia do HMS acionou o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdca) para acompanhar o caso.

 

Fonte: Geovane Brito e Jaderson Moreira, G1 Santarém e TV Tapajós

Continue Lendo

Newsletters

Receba as Notícias do Site direto em seu email! Cadastre-se gratuitamente:
Patrocinado
Patrocinado

Mais lidas da semana

Notícias no seu WhatsApp whatsapp