Adélio Bispo é absolvido e Bolsonaro diz que recorrerá da decisão

0
127
Adélio Bispo é absolvido e Bolsonaro diz que recorrerá da decisão

Nesta sexta-feira (14), o juiz federal Bruno Savino absolveu Adélio Bispo de Oliveira, autor da facada em Jair Bolsonaro. O juiz ainda converteu a prisão preventiva ,em internação provisória, por tempo indeterminado. Na sentença, Savino aplicou a figura jurídica da “absolvição imprópria”, quando uma pessoa não pode ser condenada.

Logo após a decisão, Bolsonaro comunicou que recorrerá da decisão. “Estou tomando as providências jurídicas do que posso fazer para recorrer. Normalmente o MP [Ministério Público] pode recorrer também, vou entrar em contato com o meu advogado”, disse o presidente ao deixar o Palácio da Alvorada.

Bolsonaro disse ainda que tem convicção de que Adélio foi contratado para o assassinar e que, se preciso, vai pagar para que seja feita uma nova avaliação psicológica no acusado. “Eu tenho a causa pessoal, eu tenho que me defender. E custa caro isso aí, um outro lado custa caro. Vou tomar providências”, ressaltou. “É um crime contra um candidato a presidente da República que atualmente tem mandato e devemos ir às últimas consequências.”

Segundo os laudos solicitados pela Justiça, o agressor tem uma doença chamada “transtorno delirante permanente” (antigamente chamado transtorno paranoide). De acordo com a decisão do juiz federal, Adélio Bispo de Oliveira deve ficar custodiado na penitenciária federal de Campo Grande (MS), onde está preso desde setembro de 2018.O autor do atentado deve ficar internado por tempo indeterminado e será submetido a perícia médica daqui três anos.

Fonte: O Sul

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui